Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

14
Jan14

Dias com Café, Canela & Chocolate


Sofia Serrano

A Susana é mãe de três, blogger no The Bubble e adora ler blogs. E resolveu criar uma rúbrica onde pudéssemos partilhar um pouco das nossas rotinas e desafios diários - porque esta coisa de ser mãe e ter um blog não é cheio de glamour e vidas perfeitas, mas sim de horários a cumprir, trânsito, birras e pais cansados.


O Café Canela & Chocolate aceitou o desafio de contar um dia típico cá por casa (que aposto que deve ser muito semelhante ao vosso!)e teve a honra de inaugurar a rubrica.
Fica aqui um  cheirinho do que podem ler:

13
Jan14

Bola de Ouro


Sofia Serrano

Isto não é um blog de futebol, como todos sabem . Mas é um blog português. Com orgulho nos portugueses. E hoje temos de dar os parabéns ao Cristiano Ronaldo e a todos os portugueses.
A Bola de Ouro é tua, CR7.


13
Jan14

Tudo o que precisam de saber sobre os Globos de Ouro 2014


Sofia Serrano

Esqueceram-se que dava? Não viram porque era tarde (e estas coisas em véspera de segunda-feira nunca resultam bem)?
Não se preocupem. 
Aqui, no Café, Canela & Chocolate, fica um post com tudo o que é importante.
Primeiro, a Red Carpet e o que se passou por lá. 
Como sempre há vestidos clássicos e que nunca deixam ninguém ficar mal, e depois há aquelas manobras arriscadas.

Os meus preferidos:


 Julianna Margulies, em ANDREW GN. O estilo todo. 


 Michelle Dockery em Oscar de La Renta, provavelmente o meu preferido da noite. Princesa.

Sosie Bacon, estilo romântico.

 Taylor Swift. Gira as usual.

Jennifer Lawrence, em Dior. Simple is more.

Amy Adams. Não sou particularmente fã de vermelho ou de decotes exagerados, mas nela o conjunto resultou bem.


As grávidas com estilo (em 3 estilos muito diferentes, mas bonitas):
Kerry Washington

 Olivia Wilde, a grávida mais sexy da noite.


Drew Barrymore.


Os vestidos sabe-se-lá-o-que-lhes passou-pela-cabeça:

 Uma Thurman, em modo cat-woman (mas ela é tão gira que fica bem em qualquer trapinho)

 Julia Roberts, em Dolce&Gabbana, pronta para seguir para o escritório, que a vida não está fácil.

 Sandra Bullock, já preparada para as marchas em Lisboa.


E claro, os prémios, que os Globos são mais que ver vestidos:

Cinema
Best Motion Picture – Drama: "12 Years A Slave"
Best Motion Picture – Musical or Comedy: "American Hustle"
Best Actor – Motion Picture Drama: Matthew McConaughey, "Dallas Buyers Club"
Best Actor – Motion Picture Musical or Comedy: Leonardo DiCaprio, "The Wolf of Wall Street"
Best Actress – Motion Picture Drama: Cate Blanchett, "Blue jasmine"
Best Actress – Motion Picture Musical or Comedy: Amy Adams, "American Hustle"
Best Supporting Actor: Jared Leto, "Dallas Buyers Club"
Best Supporting Actress: Jennifer Lawrence, "American Hustle"
Best Director: Alfonso Cuaron, "Gravity"
Best Screenplay: Spike Jonze, "Her"
Best Original Score: Alex Ebert, "All Is Lost"
Best Original Song: "Ordinary Love" from "Mandela: Long Walk To Freedom" (performed by U2)
Best Foreign Language Film: "The Great Beauty"
Best Animated Feature Film: "Frozen"

(bem, desta lista vi o Frozen, graças à princesa cá de casa, e estou em falta com todos os outros, mas gosto de quem ganhou)


Televisão
Best Drama Series: "Breaking Bad"
Best Actor in a Television Drama Series: Bryan Cranston, "Breaking Bad"
Best Actress in a Television Drama Series: Robin Wright, "House of Cards"
Best Comedy Series: "Brooklyn Nine-Nine"
Best Actor in a Television Comedy Series: Andy Samberg, "Brooklyn Nine-Nine"
Best Actress in a Television Comedy Series: Amy Poehler, "Parks & Recreation"
Best Mini-Series or Motion Picture Made for Television: "Behind the Candelabra"
Best Actor in a Mini-Series or Motion Picture Made for Television: Michael Douglas, "Behind the Candelabra"
Best Actress in a Mini-Series or Motion Picture Made for Television: Elisabeth Moss, "Top of the Lake"
Best Supporting Actor in a Series, Mini-Series or Motion Picture Made for Television: Jon Voight, "Ray Donovan"
Best Supporting Actress in a Series, Mini-Series or Motion Picture Made for Television: Jacqueline Bisset, "Dancing on the Edge"

(tenho definitivamente de actualizar o meu repertório de séries)


E só para terminar, os rapazes com mais pinta que por lá andaram:

Chris Hemsworth


Matthew McConaughey (modo green-velvet)

Josh Charles

Leonard di Caprio e Martin Scorsese

Bradley Cooper

Mais fotos do evento aqui.
11
Jan14

O que precisamos (mesmo) para ficarmos mais giras


Sofia Serrano


Na agitação do dia-a-dia, entre os miúdos, o trabalho e as mil e uma tarefas diárias, sobra-nos muito pouco tempo só para nós. E sentirmo-nos bonitas faz-nos bem. Há um monte de marcas no mercado com múltiplas opções, que nos prometem milagres: desde os cremes hidratantes, aos anti-celulite, a vários produtos de maquilhagem. 
Mas afinal, o que é que vale mesmo a pena? O que é que compensa comprar e dispender o nosso (precioso) tempo a usar?
Eu não sou obviamente expert nestas coisas, mas encontrei um artigo giro baseado na opinião de quem trabalha nestas áreas de beleza. E parece que há produtos que são desnecessários e outros fundamentais para ficarmos com bom ar. Confiram aqui:

Os indispensáveis:
- Loção de limpeza facial/desmaquilhante - um básico, para remover o excesso de maquilhagem 
- Rímel - se temos pouco tempo para maquilhagem e temos de optar por um produto, então a escolha acertada é o rímel. Deixa o olhar com aquele brilho.
- Blush - faz qualquer mulher parecer mais saudável e bonita. Simples e eficaz.
- Baton - um bom baton ou gloss melhora o humor de qualquer mulher (confiram o Red Lipstick Day, iniciado por um grupo de bloggers portuguesas!)
- Soro anti-oxidante - com vitamina C e E, deve ser aplicado logo pela manhã, dá brilho à pele e em teoria também evita os danos solares provocados pelos radicais livres.
- Hidratante facial com pelo menos factor de protecção solar 30 - aplicar todas as manhãs, sem excepção

As coisas que não precisamos:
- Um arsenal de sombras - nunca vamos usar a maioria das cores de uma palete enorme de sombras. Vale mais a pena investir em 3 básicas (e ocupam menos espaço na carteira!).
- Creme para mãos, pés e outras áreas específicas - os essenciais são o creme facial (eventualmente creme contorno de olhos, mais delicado) e o hidratante corporal, que serve perfeitamente para hidratar mãos e pés.
- Cremes anti-celulite - estes são o maior desperdício do nosso dinheiro. A celulite está situada a um nível profundo da pele, e os ditos cremes anti-celulite não conseguem lá chegar. É mais eficaz massajar com um bom hidratante (e mais barato!).
- Primer - a opção adicional antes da base. É completamente desnecessário, basta usar base para fixar a maquilhagem.
- Esfoliante - os esfoliantes são muito abrasivos e podem fazer mais mal que bem. Em particular, quem tem a pele muito oleosa ou com acne deve evitar usar, visto que a pele vai compensar cada vez que fica ressequida da esfoliação e a situação piora.
- Hidratantes labiais - o hidratante corporal é também uma excelente opção para os lábios, e deve ser usado antes de irmos dormir. Os hidratantes labiais são muitas vezes à base de álcool e acabam por ressecar muito os lábios.
- Tónicos para a pele - há inúmeros kits de 3 passos e coisas do género. Completamente dispensáveis se usarmos diariamente creme hidratante e limparmos com a loção desmaquilhante. Só valem a pena para quem tem a pele muito oleosa.
- Base - a maioria das mulheres não precisa de base para o dia-a-dia (uma festa ou ocasião especial já é outra conversa!). Diariamente basta pôr um corrector de olheiras.
- Lápis para os lábios - secam muito os lábios. Basta um bom baton ou gloss. 
Portanto, não se esqueçam de hidratar bem a pele ( e aproveitar para massajar bem as zonas mais críticas em relação a celulite), pôr um corrector de olheiras, rímel, baton ou gloss e um blush - e toca a brilhar!
Podem ler mais sobre este tema aqui.




09
Jan14

Coisas que eles nos fazem lembrar


Sofia Serrano

Que é divertido rodar sem parar (até se cair).
Que ataques de cócegas resolvem qualquer crise de depressão.
Que lutas de almofadas são a melhor maneira de passar a tarde.
Que afinal sabemos todas as músicas infantis (só estavam um bocado enferrujadas).
Que os filmes Disney fazem chorar (mesmo quando já temos 33 anos).
Que correr pela casa, a jogar à apanhada, descomprime e relaxa mais que um spa.
Que o jogo das escondidas é melhor que um filme de suspense.
Que bolacha maria com banana esmagada e sumo de laranja é melhor que as sobremesas do MasterChef Austrália (mesmo sem ser feito na Bimby).
Que ainda sabemos escrever "à mão" (e que há letras que são mesmo difíceis de fazer).
Que o "quantos-queres" pode ser tão divertido como qualquer aplicação do ipad.
Que as primeiras paixões são para sempre (mesmo que a vida nos leve na direcção oposta).
Que um beijinho cura todos os dói-dóis.



08
Jan14

Miúdos na neve!


Sofia Serrano



Cá por casa planeia-se uma primeira ida dos mais pequenos à neve. A M. já anda entusiasmada e estuda atentamente a técnica do Ruca a fazer bonecos de neve. E já colocou no topo da lista das coisas que vai levar cenouras - não porque adore legumes, mas porque quer fazer bonecos de neve! Para além disso, desde que viu o Frozen que sonha ser a Elsa e por isso anda ansiosa por poder lançar raios de neve mágica!
Portanto, andamos à procura de roupa para os mais pequenos se poderem divertir à vontade na neve, mas ficarem quentinhos e secos.
Na verdade, a roupa de neve/ski é cara e acaba por não ser um grande investimento, porque ao ritmo que eles crescem, no próximo ano nada serve. Encontrei algumas coisas nos saldos na Decathlon e Sportzone, com um preço agradável, mas apercebi-me que este tipo de roupa acaba por compensar comprar em sites como o OLX ou o custojusto, porque são roupas que realmente se usam muito pouco e que por isso se encontram numa excelente relação preço-qualidade.
Deixo-vos aqui sugestões de roupa para a neve para os mais pequenos.

Vertbaudet, neste momento está em saldos e encontram-se preços mais simpáticos.

 Os incontornáveis gorros Cutchi, para miúdos com estilo.


 Decathlon, alguns destes estão em saldos. Aqui encontram fatos para a neve a partir dos 12 meses, as jardineiras têm abertura entre as pernas para facilitar a muda da fralda.



 Sportzone, só tem tamanhos acima dos 2 anos. É a loja com as botas mais em conta.


O que interessas mesmo é que haja neve e muita diversão! Ah, e se for possível arranjar um trenó, eles vão delirar!


04
Jan14

Um Detox à moda desta blogger


Sofia Serrano

Comeram sonhos e rabanadas demais? Muito bolo rei? Queijos e enchidos, entre outras coisas que fazem mal? No problem. Nada como começar o ano com um bom detox.
Ora bem, podíamos escolher um daqueles sumos verdes para beber em jejum, onde se mistura uma panóplia de coisas que supostamente servem para limpar o organismo e ainda emagrecem (com antioxidantes, diuréticos e afins), entre outras coisas - e que não sabem assim tão bem como se pensa.




Ora por aqui temos uma solução muito melhor, que se baseia em 3 ingredientes óptimos para o organismo: café, canela e chocolate.

Café - é estimulante, melhora a motivação, o humor e a memória. Reduz a sensação de cansaço, possui antioxidantes que reduzem o processo de envelhecimento e é diurético. Está demonstrado que previne a diabetes , Alzheimer e que diminui risco de doenças cardiovasculares.

Canela - ajuda a digestão, melhora o metabolismo do açúcar prevenindo a diabetes, é um anti-inflamatório natural e ajuda a perder peso. É também um afrodisíaco natural.

Chocolate - é anti-oxidante a anti-inflamatório, ajuda a controlar a tensão arterial e a diabetes e previne eventos cardio-vasculares. Quem consome regularmente chocolate controla mais facilmente o peso.

Posto isto, o detox ideal aqui por estas bandas é este: logo de manhã, um café polvilhado com canela e dois quadrados de chocolate negro. E se precisarem podem repetir a dose durante o dia.



03
Jan14

Desafio Bloggers e Gravidez : Se o meu blogue falasse


Sofia Serrano

Para inaugurar a rubrica "Bloggers e Gravidez" em 2014, o Café, Canela & Chocolate desafiou a Susana - uma mulher do norte, mãe de dois miúdos, divertida, despachada e descomplicada, autora do Se o meu blogue falasse (podem gostar aqui deste blog fantástico, que cala quando quer e fala quando lhe apetece!).




1- Gravidez normal ou de risco? 
Normais, as duas. A primeira super pacifica e a segunda um bocadinho mais atribulada por causa de uma baixa de ferro que me deixava indisposta e sem forças.

2- Gravidez passada a trabalhar ou de repouso?

A trabalhar, mas não até à última. Fiquei de baixa no último mês, porque as minhas barrigas eram gigantes e eu tinha que fazer muitos kilometros a conduzir e nessa fase passou a ser quase insuportável a posição da condução.

3- Diga um alimento que deixou de conseguir comer durante a gravidez e um que se tornou mais apetecido.
 
Nunca apreciei muito salmão, mas na gravidez enjoei definitivamente. Não posso sequer pensar nele. 
Quanto a um mais apetecido não tinha e nunca fui muito de desejos especiais porque eu já sou assim no meu estado “normal”. Sou muito gulosa e na gravidez tive que fazer um esforço maior para me controlar.


4- Fez exercício durante a gravidez? Que tipo?
Na primeira gravidez ainda fazia muitas caminhadas, mas aí era mais fácil porque não tinha nenhuma criança em casa. Na segunda já foi mais complicado por causa do mais velho. Correr atrás dele, subir e descer as escadas de casa conta? 

5- A gravidez fez com que mudasse hábitos do dia-a-dia?

Que me lembre não. Nem na alimentação pois fui sempre imune à toxoplasmose.

6 - Qual foi a coisa que mais gostou da gravidez?

É um lugar comum mas é certamente o principal: sentir os meus filhos a mexer dentro de mim. Na gravidez não houve nada de melhor e mais especial. Depois foi ver o desenvolvimento saudável deles a cada semana ou mês que passava. Perceber aquilo que estava a desenvolver-se em cada fase parecia magia a acontecer. Maravilhoso!

7- Como foi o parto? Se pudesse escolher o tipo de parto, o que teria escolhido?
Há coisas incríveis! Eu sempre me imaginei a ter filhos e a pari-los. Mas desde miúda que tinha um medo pavoroso do parto e sossegava os medos a imaginar a possibilidade de cesarianas. Nós somos tão influenciadas pelo que vemos nos filmes e nas novelas e depois criamos ideias completamente erradas. Para o bem e para o mal. Felizmente à medida que fui crescendo e amadurecendo, fui desmistificando muitas ideias que tinha. Fui mudando a forma de pensar e comecei a perceber o parto não apenas como um acto de sofrimento pelo qual mãe e bebé tinham que passar. Um dia percebi realmente como funcionava a analgesia epidural e aí fez-se luz! Se a natureza permitisse os meus filhos nasceriam de parto normal e com epidural.
Duas gravidezes de 41 semanas com partos induzidos com data e hora marcada. Felizmente a Mãe Natureza não me deixou mal e o meu corpo reagiu bem e muito rápido às induções. No primeiro deu tempo para epidural às 14h e ele nasceu às 17h. Na segunda foi tão rápido que não deu tempo para nada. Quase nascia no elevador do hospital durante a transferência do internamento para o bloco. Uma aventura. Estive na posição fetal para levar a analgesia durante 25 minutos intermináveis e obviamente que com contrações terríveis e 7 ou 8 dedos de dilatação foi impossível. Lembro-me apenas de gritar à anestesista para me largar porque a bebé estava a nascer. Assim foi, posicionei-me, um puxo e já estava! Não deu tempo nem do pai assistir!

8- Era capaz de ter um parto em casa?
Adorava, mas não teria coragem!

9- Gravidez ou puerpério - o que é melhor?

Gravidez, pelo estado de graça e pelos mimos, mas puerpério por causa da liberdade e pela sensação de voltar a ter o meu corpo “de volta”. Nunca fui de ficar em casa fechada e ao fim de uma semana ou duas já andava sozinha no hipermercado, com a criança, às compras. 

10- Amamentou? Porquê?

No primeiro filho fui uma ingénua. Sabia a lição de cor e salteado. Mas depois na pratica não foi fácil lidar com um bebé completamente trapalhão e sempre esfomeado. O stress do primeiro filho, as várias opiniões que nos cercam, a minha insegurança fez com que só conseguisse dar de mamar 15 dias. Andei dois meses a tirar leite com a bomba e depois cansei-me e o leite deixou de fluir. Na segunda tudo foi diferente, mais natural, menos stressante e ela foi muito minha amiga. Não sofri com subidas de leite, nem mamas gretadas. Mamou até aos 4 meses até ao dia que quis. De um dia para o outro deixou de querer e quem sofreu fui eu. Fisicamente, porque tinha leite, mas principalmente psicologicamente. Não estava preparada para que ela me “abandonasse” daquela forma!!!



Obrigada Susana por teres aceite o Desafio, e tudo de bom para ti e para a tua família!
01
Jan14

Do ano que acaba #5: Desafio Bloggers e Gravidez


Sofia Serrano

Neste ano que acabou, começou no blog uma rubrica, que pretendia ser uma partilha de experiências e mostrar que todas as gravidezes são diferentes. Fui desafiando várias bloggers a responder a 10 perguntas acerca da sua gravidez, do parto e da altura do puerpério. As perguntas do desafio foram estas:

1- Gravidez normal ou de risco?  
2-Gravidez passada a trabalhar ou de repouso?

3- Diga um alimento que deixou de conseguir comer durante a gravidez e um que se tornou mais apetecido.
4- Fez exercício durante a gravidez? Que tipo?
5- A gravidez fez com que mudasse hábitos do dia-a-dia?
6 - Qual foi a coisa que mais gostou da gravidez?
7- Como foi o parto? Se pudesse escolher o tipo de parto, o que teria escolhido?
8- Era capaz de ter um parto em casa?
9- Gravidez ou puerpério - o que é melhor?
10- Amamentou? Porquê?

Muitas bloggers participaram em 2013 e tornaram esta rubrica um verdadeiro sucesso no blog! Por isso, em 2014 vamos continuar - e já nesta semana vamos ter as respostas de mais uma blogger fantástica! Entretanto, deixo-vos todos os posts do Desafio Bloggers e Gravidez, para lerem (ou relerem) neste primeiro dia do ano. Bom 2014!

Quem aceitou o Desafio Bloggers e Gravidez em 2013:

Cacomae (podem ler aqui)
O Rei vai Nu (podem ler aqui)
Família de 3 e 1/2 (podem ler aqui)
Mum´s The Boss (podem ler aqui)
Entre Biberons e Batons (podem ler aqui)
As Maravilhas da Maternidade (podem ler aqui)
A vida a 4D (podem ler aqui)
Saídos da Concha (podem ler aqui)
Maria Café (podem ler aqui)
By Deva (podem ler aqui)
Jo White Candy (podem ler aqui)
By me (and her)(podem ler aqui)
Estilo Hedónico (podem ler aqui)
A Nuvem de Sofia (podem ler aqui)
Barriga Mendinha (podem ler aqui)
I feel green (podem ler aqui)
Filipa Cortez Faria Kids & Design (podem ler aqui)
Doce Laura (podem ler aqui)
Pipian Atelier (podem ler aqui)
My Baby Blue Blog (podem ler aqui)
Definitivamente são dois! (podem ler aqui)
Maisena (podem ler aqui)
Ansiedades (podem ler aqui)
O Mustang do Enzo (podem ler aqui)



Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D