Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

13
Set14

Quando a mãe tem de ir trabalhar


Sofia Serrano


Hoje é dia do pai. De ficarem com ele, de ele a ajudar a fazer os TPCs, de lhes fazer o almoço e fazer corridas de carros, de os pôr a dormir a sesta (pelo menos ao mais pequeno que ela diz que é crescida para essas coisas), de lhes das mimos e se sentar a ver o Ruca, o Armário da Clara e a Porquinha Peppa com eles. De os levar a festas de aniversário e de os trazer estafados para casa (provavelmente já a dormir), de lhes dar banho, jantar, contar uma história e pô-los na cama.
E a mãe vai chegar ao fim do dia, depois de mais um dia de trabalho (que esta semana é daquelas que parece que não acaba) e aposto que os vou encontrar aos 3 a dormir na "cama grande" (diz o Pedro, e que significa "a cama dos pais"). E vai ser o melhor momento do dia.
Bom sábado!
12
Set14

É sexta-feira, amor


Sofia Serrano


Hoje é dia de começar com um pequeno almoço energético com dose reforçada de café, polvilhado de canela (my way).
A semana foi de emoções fortes - ter uma miúda na escola primária dá uns cabelos brancos a uma mãe - e sexta feira é aquele dia que nos parece tão aconchegante porque o fim de semana está aí à porta (era bom não fosse estar outra vez de urgência amanhã!)
Bom, vamos a isto.
Bom dia!


11
Set14

O aniversário da miúda (inspiração!)


Sofia Serrano

Já entrou para a escola primária e está rapidamente a tornar-se numa menina crescida. Na próxima semana já vai fazer 6 anos!
Por isso, no meio da correria do dia-a-dia, esta mãe anda a organizar a festa. Vai ser no mesmo sítio do ano passado, com muito espaço para brincarem, mas este ano ela quer como tema o fundo do mar e as sereias. Por isso, ando de volta do Pinterest em busca de inspiração, para decorar a mesa como ela imagina e pensar no bolo. Deixo-vos aqui algumas das imagens que me têm inspirado ( e prometo que depois deixo fotos da festa!):















10
Set14

Vida de médica


Sofia Serrano


Cheguei finalmente a casa e estou a comer uma salada de frango. 

Isto provavelmente nem interessa nada, mas apercebo-me agora que já não sei se estou a almoçar, a lanchar, ou noutra refeição qualquer. Isto porque as terças-feiras são sempre dia da grávida para mim - as 24 horas inteirinhas. E as quartas são de ressaca.
O 09/09 não fugiu à regra e estive a noite quase toda a pé - à excepção dos momentos em que adormeci até ser acordada por um estrondoso "DRA! CESARIANA!" - a taquicardia das emergências é uma coisa tramada e difícil de controlar, mesmo quando a própria situação está controlada, à vezes o nosso coração não obedece. 
Mas o coração ficou tranquilo e as 24 horas da grávida correram muito bem e saímos de rastos mas felizes. 
Ora o melhor remédio para recuperar de uma noite sem dormir é (receita minha): ir ao ginásio 1 horinha e depois continuar a trabalhar. 
Mas há uma altura em que é preciso parar. Ou melhor, voltar ao trabalho de mãe e ir encher a despensa, para de seguida comer qualquer coisa, correr ao cabeleireiro porque-hoje-é-que-é e depois ir buscar as crias e mimá-las até adormecer de exaustão no sofá (depois dos banhos e jantares e histórias).

Tenho uma série de trabalhos e adoro!!!
07
Set14

Socorro!...a minha filha vai para a escola primária!


Sofia Serrano

Dizem que o tempo passa num instante. 
E passa muito mais depressa quando temos filhos (num fósforo!).
Cada vez mais me parece que o que me faz velha não são os cabelos brancos ou as rugas - é saber que já tenho uma filha que vai para a escola primária.

Parece que ainda ontem a tinha pela primeira vez nos braços, com aquele cheirinho bom de bebé e totalmente dependente dos pais, e agora já vai para o 1º ano! 
Na realidade, é um bocadinho assustador, esta coisa de nos apercebemos que eles estão a crescer num instante, que num momento andam de fralda e chucha, e no outro são independentes, sabem perfeitamente o que querem e estão a começar a traçar o seu percurso no mundo. 
Mas é mesmo assim, e o tempo não pára.

Estes últimos dias foram dedicados a comprar e organizar material escolar, identificar e forrar os livros (bolas, que são uma série deles logo no 1º ano!), escolher lancheira e planear os lanches da manhã para o resto da semana. Por aqui não há o stress da escolha da roupa, porque o colégio tem farda e roupa de ginástica.
Ela está ansiosa pelo primeiro dia e já anda há semanas a desejar que o dia de amanhã chegue depressa - quer conhecer e rever amigos, conhecer a nova professora, desfolhar os livros, escrever nos cadernos novos e aprender coisas.
Eu estou um bocadinho nervosa, porque afinal é uma etapa importante na vida dela, e imensamente feliz por ver que está entusiasmada.
Bom ano lectivo para todos!

Lembram-se deste post? Esta é a nossa versão :)






07
Set14

Programa em família: Feira Medieval de Silves


Sofia Serrano

Em agosto, o Algarve é muito mais que praia. Um pouco por todo o lado há programas giros e eventos para descobrir. 
A Feira Medieval de Silves é um desses eventos imperdíveis: todos os anos, durante o mês de agosto, Silves enche-se de cores, cheiros e sabores da época em que era a capital do sul do país. Somos transportados numa viagem no tempo para a época medieval assim que chegamos a Silves, com as suas muralhas de contos de fada e ruas sinuosas, que levam ao imponente castelo. Um programa giríssimo para fazer em família!

Vale a pena chegar logo por volta das 18 horas, altura em que a feira abre. Há várias possibilidades, desde alugar roupa da época para entrar verdadeiramente no espírito, até assistir a torneios medievais, sempre com muita animação nas ruas, com espectáculos de música e dança que nos deixam encantados.  Depois é aproveitar e ficar até ao anoitecer, para experimentar um  verdadeiro jantar medieval - literalmente de lamber os dedos, porque não há talheres, as mesas são improvisadas com tábuas e os bancos são fardos de palha (tudo uma experiência deliciosa!).
Nós adoramos conhecer Silves e a sua Feira Medieval  e vamos certamente voltar! 
Quem costuma ir?

























03
Set14

5 decisões para famílias mais felizes


Sofia Serrano

Setembro é o mês dos recomeços. 
Podia perfeitamente ser o início de um novo ano. 
E não há nada como começar um novo ano com uma lista de objectivos a cumprir - porque os últimos meses fizeram-me ver que cada vez mais devemos aproveitar o tempo que temos, aproveitar os nossos filhos, a nossa família, fazer coisas que nos dão prazer, gozar os momentos. Devemos ser felizes. Ser saudáveis. Comer bem, praticar exercício físico. Tirar da nossa vida e da nossa casa o que não faz falta. E aproveitar cada instante.

Decisões para sermos famílias mais felizes:

1.  Ter mais tempo para os nossos filhos
re-organizar horários, avaliar prioridades, ter tempo de qualidade com eles. Para ir ao parque, comer um gelado, ajudar nos TPCs, brincar com os legos. Ler-lhes histórias e acima de tudo ouvi-los. 

2. Tornarmo-nos numa família mais saudável
começar o dia com um bom pequeno almoço , com sumos de fruta e com cereais, com tempo para nos sentarmos e comermos com calma ( se for preciso, por o despertador uns minutos mais cedo!). 
Encher a despensa e frigorífico com alimentos da época, dos produtores locais, dar prioridade a fruta e legumes e esquecer refeições pré-feitas, alimentos já processados e ignorar a existência de McDonalds e afins (fazer uma pizza em família pode ser uma opção bem saudável que eles vão adorar mais que ir a uma cadeia de fast-food).

3. Partilharmos tarefas.
Pedir ajuda aos mais pequenos para pequenas tarefas, para que percebam que toda a gente da família colabora nas rotinas do dia-a-dia. Mais do que arrumarem o quarto, podem ajudar a pôr a mesa, a arrumar a biblioteca ou a estender a roupa - vão sentir-se crescidos e uma parte importante da família. 

4. Destralhar a casa.
Acumulamos coisas que não precisamos todo o ano. Setembro é um excelente mês para nos livrarmos das coisas em excesso, que não precisamos: brinquedos, roupa, coisas que não servem para nada senão para ocupar espaço. É uma boa opção envolver os mais pequenos nas arrumações, e eles levarem roupas e brinquedos para instituições que realmente precisem - vão sentir que fazem a diferença na vida de muitos meninos. Não é preciso muito para sermos felizes - less is more.

5. Fazer actividade física - em família.
Não vale a pena adiar - ninguém fica mais saudável sentado no sofá a comer batatas fritas e chocolate (se bem que nalguns momentos é mesmo preciso, mas isso é outra história). Os dias estão bons e praticar desporto é um hábito que deve ser cultivado desde cedo. Pode ser uma boa ideia fazer um passeio de bicicleta ao fim do dia, em família, ou ir correr ou caminhar. Se dispendermos 20 minutos por dia a fazer exercício físico vamos sentir-nos muito melhores, os miúdos vão ficar mais saudáveis e resistentes, e o inverno será muito mais tranquilo, com menos doenças e afins.



02
Set14

Temos mesmo de voltar ao trabalho?


Sofia Serrano


Parece que não há nada a fazer. Tenho mesmo de guardar as havaianas e voltar aos sapatos de salto alto e à roupa mais formal. Tenho de os acordar cedo (nas férias acordam sempre com os galos, mas em dia de escola dormem que nem anjinhos...) e organizar lanches e mochilas.
Para a Mariana esta ainda é uma semana de quase-férias, porque as aulas a sério só começam na próxima. Mas o Pedro já vai regressar à rotina habitual.
E eu vou regressar à minha dose extra de cafeína e às minhas urgências.
Boa terça-feira!
01
Set14

Sobre nós os dois (e este nosso dia)


Sofia Serrano

Já passaram 12 anos desde aquele momento especial, só nosso.
Somos amigos, cúmplices e amantes.
Somos tão diferentes mas partilhamos muitos pontos de vista e filosofias de vida.
Temos dois filhos maravilhosos e olhamos para a frente, os dois, para o nosso caminho juntos, com a nossa família.
Nem sempre é fácil. 
Há dias complicados, há decisões difíceis, há perspectivas diferentes. 
Mas a cada dia tentamos fazer com que as coisas resultem. Tentamos equilibrar o cansaço do trabalho diário e a agitação de ter dois miúdos pequenos em casa, com momentos só para nós - nem que seja o nosso take-away de sushi quando eles já adormeceram e ficamos os dois no sofá a comer sashimi e a ver as nossas séries preferidas. 

Amo-te.

(mesmo que sejas um benquista ferrenho e o meu coração seja o mais sportinguista possível - os empates são sempre bons resultados para nós).


Pág. 3/3

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.