Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

18
Abr15

A miúda crescida


Sofia Serrano

Assusta a velocidade com que crescem. 

Parece que ela ainda ontem andava de fraldas, e subitamente, hoje, já vai à despensa ver o que faz falta e escreve uma lista de compras - quase sem dar erros, que uma ou outra palavra ainda lhe parecem difíceis. Eu percebi que isto estava a acelerar quando os dois dentes da frente, que tanto teimaram em aparecer, caíram subitamente, dando agora lugar a dentes definitivos, que na minha mente soam sempre a "adulto". E quando as placas e letreiros no caminho para a escola deixaram de ter segredos - o mundo passou a ser um lugar legível, para ela. Os livros passaram a contar-lhe histórias, sem precisar da mãe ou do pai, e começo a achar que um dia destes, ela começa a ler o blog. Não sei se estou preparada para dentro em breve entrar nessa coisa difícil que dá pelo nome de adolescência ( ainda me lembro o que a minha mãe passou comigo e cheira-me que a coisa não vai ser diferente, que a teimosia é forte na família ). Por isso, espero que os dias passem lentamente e possamos todos saborear os momentos que a vida nos dá.
Cada instante é único e precioso.
E sim, o tempo escorre-nos por entre os dedos.
 
                                    
    
16
Abr15

Passatempo Corpos Danone


Sofia Serrano


Juntamente com o movimento #eugostodemim lançado pela Corpos Danone, de que vos falei 
aqui, trago-vos excelentes novidades!
Para nunca nos esquecermos que para cuidarmos e gostarmos de nós todos os dias não temos que abdicar de momentos de prazer, queremos oferecer a um leitor muito sortudo 1 ano em produtos da marca Corpos Danone! é isso mesmo: 90 packs de 4 iogurtes = 360 iogurtes, 1 iogurte por dia!
E para usufruirem deste prémio da melhor forma, porque não aproveitarem para provar os 2 novos sabores de gelatina de Iogurte Corpos Danone de Frutos Vermelhos e Ananás Coco?


O que é preciso fazer para participar:

- fazer "gosto" na página Corpos Danone, aqui
- fazer "gosto" na página do Café, Canela & Chocolate, aqui
- deixar em comentários à foto do passatempo no facebook do Café, Canela & Chocolate a frase "Eu gosto de mim!"

O vencedor será escolhido através do random.org
Podem participar até dia 20/04/2015!





Regulamento:

Termos e Condições:
1. O passatempo inicia-se dia 16 de Abril às 07h00 e termina dia 20 de Abril às 23h59.
2. Poderão participar indivíduos maiores de 18 anos, residentes em Portugal.
3. Para participar, o concorrente deverá Para participarem no passatempo basta que :
Fazer Like no Facebook do Blog;
Fazer Like na página portuguesa de Facebook de Corpos Danone;
Deixar em comentário na foto do passatempo no facebook do blog a frase “Eu Gosto de Mim”
É válida uma participação por perfil.
4. O vencedor será seleccionado via random.org
5. O passatempo terá um único vencedor ao qual será oferecido um ano de produtos Corpos Danone sob a forma de vales. “Um ano de iogurtes” equivale a 90 packs de 4, num total anual de 360 unidades de iogurte.
6. O anúncio do vencedor será feito no Blog no dia 21/04. O participante vencedor será contactado directamente através do email utilizado por si para formalizar a sua participação. Nesse email ser-lhe-à solicitada alguma informação pessoal (nome e morada), indispensável para a atribuição do prémio. Caso estes dados não sejam fornecidos num prazo máximo de 15 dias após envio da mensagem por email, o vencedor perde o direito ao prémio.

Outras Disposições:
7. A participação no passatempo pressupõe a aceitação pelos participantes de todas as condições indicadas no presente regulamento sendo apenas consideradas válidas as participações que o respeitem na íntegra.
8. Não serão admitidos no passatempo trabalhadores da promotora, bem como todos os trabalhadores e colaboradores de empresas prestadoras de serviços envolvidas neste passatempo.
9. Em caso de dúvida sobre o Passatempo, o participante poderá enviar as suas questões para o seguinte endereço de correio electrónico:msofiaserrano@gmail.com
10. O prémio atribuído no presente passatempo não poderá ser convertido em outros prémios ou em dinheiro.
11. A submissão da participação nos termos previstos, no presente Regulamento, pressupõe e implica a declaração tácita de que o participante é autor do que enviou, e de livre e espontânea vontade, e sem exigir qualquer contraprestação, autoriza a sua divulgação, publicação, utilização, reprodução e exploração, por qualquer meio e em qualquer suporte, de forma exclusiva e sem limite temporal, bem como, que os conteúdos enviados resultam da criação original do participante, inédita, que não participou noutro passatempo ou concurso, de modo a que não dê lugar a reclamações por violação de direitos de propriedade industrial por parte de terceiros, assumindo o participante todas as responsabilidades de qualquer reclamação neste sentido.
12. A promotora não se responsabiliza por quaisquer extravios de mensagens, correio ou entregas retardadas por parte dos operadores telefónicos e de CTT.
13. Está reservado o direito de exclusão de qualquer participante que esteja, de alguma forma, a violar o presente regulamento, que aja de má-fé, ou que participe utilizando informação falsa, viciando assim o passatempo.
14. Toda e qualquer actuação ilícita para obter qualquer vantagem competitiva no decorrer deste passatempo, será considerada fraudulenta, sendo consequentemente excluída da acção.
15. Está reservado o direito de alterar, adiar, antecipar, encurtar, prolongar ou terminar este passatempo a todo o tempo, no caso de ocorrer alguma actividade ilegal ou fraudulenta, ou algum factor externo, fora do controlo da organização, que afecte o bom funcionamento do passatempo. Nestas circunstâncias, os participantes não terão direito a qualquer tipo de compensação ou explicação.
16. Não serão admitidas e podem ser imediatamente excluídas, as participações que vão contra os princípios e valores da Danone, com conteúdo considerado inadequado, atentatório da moral pública, dos bons costumes ou de quaisquer crenças e convicções religiosas, políticas ou ideológicas, ou que tenham carácter difamatório ou injurioso.
17. Os casos omissos no presente Regulamento serão alvo de análise e decisão por parte da promotora, não podendo haver recurso sobre a mesma.
18. O fornecimento dos dados pessoais do participante vencedor é obrigatório, pois sem esta informação é impossível proceder ao envio dos prémios.

15
Abr15

5 frases diárias para motivar os nossos filhos


Sofia Serrano

 


Nem todos os dias a vida nos corre bem. Há tarefas difíceis, decisões difíceis  Mas sabe sempre bem ter algumas palavras de conforto e incentivo. Aos nossos filhos também. Por isso, apesar das correrias diárias, é preciso não nos esquecermos que devemos incentivá-los, motivá-los. Apoiá-los. Frases que devemos dizer diariamente aos miúdos (pelo menos 5 destas por dia, a não esquecer!):

 
- Já viste o que conseguiste? Fantástico!
- Está-te a custar, mas estás a fazer muito bem.
- Sim, podes melhorar, se continuares a praticar vais conseguir.
- Estás muito bem, continua!
- Sei que consegues fazer melhor.
- O teu esforço valeu a pena!
- Vais ver que encontras uma solução melhor.
- O que achas?
- Essa pergunta é muito interessante.
- Gosto muito que me faças perguntas.
- Gosto muito de ti como tu és.
- Adoro-te.
- Espero que estejas orgulhosos de ti próprio.
- Adoro o teu sorriso!
- Gosto muito da tua companhia.
- Não podemos ser bons em tudo, por isso é que temos talentos especiais!
- Tu és especial, não há ninguém como tu.
- Sei que posso confiar em ti.
- Mostraste que és responsável.
- Gosto muito de ti, mas não te vou deixar fazer isso.
- Toma uma decisão, confia em ti.
- Obrigada pela tua ajuda!
- O que fizeste foi muito importante para mim.
- Eu não teria feito assim, mas está perfeito.
- Faz as coisas com calma.
- Se dividirmos tarefas, é mais fácil.
- Sei que é um esforço grande para ti, agradeço-te do fundo do coração.
 
 
15
Abr15

Irresistível


Sofia Serrano


A imagem fala por si.
Suspeito que isto signifique que furei o Desafio dos 21 dias sem açúcar. Bom, no pacote destas amêndoas de chocolate diz "Sem adição de açúcar" - às tantas ainda posso continuar wink emoticon
A verdade é que a privação do chocolate deixa-me impossível de aturar. É mais ou menos como o café e a canela - sem eles, os dias são mais difíceis, a paciência é mínima, os nervos andam à flor da pele. Sim, o chocolate é uma espécie de antidepressivo natural. E eu sou só uma miúda normal, e há coisas às quais não resisto. Por isso, o chocolate tem de continuar por aqui, nem que seja um quadradinho por dia.
Café, Canela & Chocolate - é assim por aqui heart emoticon
(posso cortar noutras coisas, mas nestas é muuuuito difícil!)
14
Abr15

Coisas que um casal feliz faz


Sofia Serrano

Não sei qual a receita milagrosa para nos mantermos apaixonados e felizes para sempre.
Nem sequer sei se o "para sempre" existe. 
Mas uma coisa é certa: sexo faz bem. 
Esqueçam os tablets e os iphones, as redes sociais e as séries à noite, no sofá. 
O que se quer para uma relação funcionar é tempo a dois. E sexo.

Hoje vi um casal com mais de 70 anos numa consulta. 
Entraram com aquele ar cúmplice de quem está apaixonado há pouco tempo, de mãos dadas. Mas já estavam casados há mais de 50 anos. Tinham filhos e netos. E parecia que se tinham conhecido há pouco tempo e que ainda estavam naquela fase de paixão e descoberta. 
Afinal, o segredo deles era tempo juntos todas as noites. 
E sexo. Sexo bom para ambos. 
Vinham por um problema simples e sairam felizes, principalmente porque a médica não achou estranho que tivessem sexo regularmente, apesar da idade, como me disseram.
Na verdade, parece que a sexualidade a partir dos 50 anos é uma coisa quase tabu. Não tem de ser nem deve ser. 
Está cientificamente provado que o sexo faz bem à relação a dois, à nossa saúde física e mental, ajuda a dormir melhor, fortalece o períneo e muitos outros músculos, entre outros benefícios - em qualquer idade. E se um casal tem algum problema a este nível, então o melhor é falar com alguém sobre o assunto, sem tabus, e resolvê-lo, porque estar bem sexualmente é fundamental para a nossa saúde.
E provavelmente, é o segredo para manter uma boa relação a dois.


13
Abr15

#eugostodemim


Sofia Serrano

Ser mulher é um desafio. 
Temos de ser fortes, porque queremos vencer no mercado de trabalho e ser boas naquilo que fazemos, marcar a diferença, melhorar o mundo. E ao mesmo tempo somos sensíveis e emotivas e temos um sétimo sentido, que nos guia para lá da razão. 
Somos mães e fazemos tudo pelos nossos filhos – e ficamos para sempre ligadas a eles, mesmo depois de cortado o cordão umbilical, largado as fraldas, dado o primeiro beijo ou saído de casa. 
Mas também somos esposas e amantes, com humor efervescente e hormono-dependente, seres apaixonados por natureza. Apaixonantes. 
Ser mulher é conseguir conciliar o trabalho de 40 horas no hospital com mais urgências e horas extraordinárias com o tempo para os filhos, para os levar à escola, ao futebol e ao ballet, lanchar com as amigas, ajudá-los a fazer os trabalhos de casa, fazer o jantar e ainda ter um copo de vinho tinto à espera do marido, para uns instantes a dois. 
Adormecê-los com contos de fadas e levantarmo-nos à noite para ter a certeza que estão bem. Acordar com energia depois de uma noite em branco e estarmos bonitas. 
É conseguir ter garra para fazer uma pós graduação em simultâneo com o ritmo de trabalho diário, e ganhar um prémio num congresso com aquela apresentação que nos deixou tantas horas sem dormir. 
É não desistir dos sonhos e acreditar que tudo é possível. É gostarmos de nós.
É sermos workaholics, mães-a-tempo-inteiro, donas-de-casa, apaixonadas. Ir ao ginásio nas horas vagas, lutar todos os dias por uma alimentação saudável para nos sentirmos bem. Às vezes é cansativo. 
Mas somos mulheres, e no dia seguinte, fazemos tudo de novo – com aquele brilho nos olhos. E gostamos de nós, porque é assim que conseguimos aproveitar a vida ao máximo.



Eu acredito nisto e Corpos Danone também. 


No âmbito do lançamento dos novos sabores de gelatinas de iogurte, Ananás Coco e Frutos Vermelhos Silvestres, Corpos Danone desafia todas as mulheres a aderir ao movimento #eugostodemim.
Para quem se preocupa consigo, as gelatinas de iogurte Corpos Danone são uma excelente opção, porque têm uma textura leve e refrescante, 0% de matéria gorda, sem açúcares adicionados e baixo valor energético (37 kcal/100g), com dois novos sabores - frutos vermelhos e ananás côco. Óptimas para comer depois no ginásio, ao lanche ou quando queremos tirar uns minutos só para nós.
Sim, #eugostodemim. É preciso gostarmos de nós para sermos felizes. 
Lanço-vos um desafio: olharmos para nós próprias, vermos o que temos de bom e vivermos bem com isso! 
Partilhem as vossas fotos com o tag #eugostodemim
Vamos mostrar que estamos de bem com a vida!



12
Abr15

As manhãs dos pais ao fim de semana


Sofia Serrano

Sou capaz de contar pelos dedos de uma mão o número de vezes que dormi até mais tarde num fim de semana, depois de me ter tornado mãe. E com até mais tarde quero dizer depois das 10, não aquelas fantásticas manhãs em que se dormia até ao meio-dia, num tempo longínquo  e ainda se ficava a preguiçar na cama depois disso.
Aliás, até sei precisar que nos últimos 6, quase 7 anos, foram duas. Duas únicas vezes em 6 anos. Eu, uma dorminhoca de primeira (justificável pelas minhas costelas alentejanas), acordar constantemente antes das 7 da manhã, era coisa que nunca me passaria pela cabeça. 
Este ponto, o de ter miúdos madrugadores, que ainda por cima insistem em acordar toda a gente para terem companhia, é claramente um ponto na lista das coisas menos boas da maternidade. Sim, essa lista também existe, e a privação de sono dos pais vem no topo dela.
Claro que, durante a semana, é preciso abrir janelas, dar beijos, chamar por eles, abaná-los e quase deitar um copo de água para a cara para se levantarem da cama e se despacharem para ir para a escola. 
Mas ao fim de semana, quando podíamos todos dormir, o que acontece? 
Acordam bem mais cedo, e apesar de instruções prévias de "Se acordarem, vão à casa de banho e ficam no vosso quarto a brincar!", "Não precisam de acordar os pais, está bem?", "Podem ver televisão mas não faça barulho!", o que se passa é o seguinte:
"Mãeee, posso ir para a vossa cama?"
"Mãeeeee, posso-me levantar?"
"Mãeeeee, podemos acender a luz?"
"Mãeeee, posso ir à casa de banho?"
"Mãeeeee, posso acordar o P.?" (ou vice-versa)
"Mãeeee, temos fome! Podes vir preparar o pequeno almoço?"
"Mãeee, a televisão não está a funcionar!"

E sim, o pai continua a dormir tranquilamente.

É isto. E não me venham cá com histórias que os vossos dormem que nem anjinhos até ao meio-dia, que hoje acordei de mau humor.

(depois do café as coisas já se compõem)

10
Abr15

Burnout : os médicos não são de ferro


Sofia Serrano

Muitos acham que os médicos são imunes a qualquer doença e às vezes até se esquecem que são pessoas normais. Mas na realidade, ser médico significa estar constantemente exposto a stress, trabalhar muitas horas, ter um desgaste físico e psicológico intenso. E os médicos não são de ferro.
O burnout é um síndrome de esgotamento profissional, que afecta milhões de trabalhadores em todo o mundo, mas no topo das profissões afectadas estão os médicos. Estudos mostram que 46% dos médicos sofrem burnout em algum momento da sua carreira. Ocorre principalmente em profissionais submetidos a elevados níveis de stress e pressão no ambiente de trabalho.

A dedicação exagerada à atividade profissional é uma característica marcante do burnout, mas não a única. O desejo de ser o melhor e demonstrar sempre um alto grau de desempenho é outra fase importante da síndrome: o portador de burnout mede a auto-estima pela capacidade de realização e sucesso profissional.

burnout pode comprometer o trabalhador em três âmbitos: individual (físico, mental e social), organizacional (conflito com colegas e diminuição da qualidade/produtividade) e profissional (negligência, lentidão e impessoalidade com colegas e terceiros).
 
As médicas jovens e solteiras são as mais afectadas por esta perturbação e os sintomas mais comuns são: perda do entusiasmo, distanciamento emocional, exaustão, perda do sentimento de realização pessoal, sentimentos de cinismo.
 
 

Top 10 das especialidades mais afectadas pelo Burnout:


1º Medicina Intensiva


2º Medicina de emergência

3º Medicina Geral e Familiar

4º Medicina Interna

5º Cirurgia Geral

6º Infecciologia

7º Radiologia

8º Ginecologia e Obstetrícia

9 ºNeurologia

10º Urologia

As especialidades menos afectadas são Patologia Clínica, Psiquiatria e Dermatologia.

Os elevados índices de burnout entre médicos afetam indiretamente o funcionamento do sistema de saúde e pioram diretamente a qualidade do atendimento ao paciente.
As principais causas do burnout médico são:
- Impossibilidades burocráticas e económicas para prover o melhor atendimento aos pacientes;
- Excesso de horas de trabalho e redução do convívio social;
- Ganhos económicos abaixo do esperado.

Os médicos não são de ferro. Também é preciso tratarmos de nós. Compreender os nossos limites, partilhar problemas e valorizar o lado social da vida são fundamentos que devemos aplicar na prática diária. Cuidar de nós mesmos deve ser uma das prioridades para que possamos cuidar ainda melhor dos nossos pacientes.
 
 
 
09
Abr15

O melhor do mundo


Sofia Serrano


Felizmente o P. parece estar bem - à excepção dos steril-strips colados na testa, correu tudo lindamente ontem (felizmente!). 
Só ficou com saudades da irmã por ter vindo mais cedo para casa, por isso à noite, quiseram ouvir a história do costume deitados os dois na cama da M. e depois acharam que era boa ideia dormirem juntos. 
Como a cama da irmã é a maior, mas não é gigante, e os dois mexem-se muito e precisam de espaço, lá resolvi o problema juntando as duas camas - juntinhos, mas cada um no seu espaço. 
Delírio total. (Miúdos felizes, pais felizes!)
08
Abr15

Vida de mãe


Sofia Serrano

Receber um telefonema a meio das consultas a dizer que o miúdo bateu com a cabeça e que se calhar precisa de pontos, sair a correr com um kit de suturas e rezar para ele estar bem. 
Felizmente consegui controlar a situação sem meter agulhas e linhas ao barulho, felizmente ele já estava bem disposto - e acabei por voltar ao trabalho com um ajudante, que depois de me fazer companhia ao almoço, dorme sossegado a sesta em casa, na minha tarde de folga. 
Mais um monte de cabelos brancos hoje. 

                        

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.