Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

31
Mai15

Do fim de semana


Sofia Serrano

Um fim de semana bom é aquele em que consigo usar a minha roupa preferida: um bikini, ou um fato de banho. Em que tenho tempo para brincar às escondidas com eles ou pintar um desenho do noddy, em que lhes leio o livro dos animais. 
Num fim de semana bom, tenho tempo para fazer batido de morango para o lanche, bolachas de aveia (aquela minha receita light) para o pequeno almoço, em que a ajudo a perceber como funcionam as compras, entre notas e moedas de euro, em que lhe dito aquelas palavras difíceis que tanta gente erra, e eu e ela também.
Num fim de semana bom, vamos todos à praia, mergulhamos juntos, enchemo-nos de areia juntos, voltamos juntos para casa. Desarrumamos e voltamos a arrumar todas as divisões, fazemos lanches ajantarados e rimos muito. 
E num fim de semana mesmo bom, até o Sporting ganha a taça.

Este foi um fim de semana bom.
Obrigada, vida.










As fotos não têm uma qualidade espectacular (são do nosso instagram), mas servem para nos lembrar que somos felizes, juntos, todos os dias.





29
Mai15

Sextas


Sofia Serrano

Há dias bons.
Dias em que se acorda bem disposta, em que se consegue ter tempo para o pequeno almoço e para sair de casa com tempo. Depois de levar os miúdos, encontrar um lugar à primeira volta pelo parque do hospital (que é quase como ganhar o euromilhões). Fazer uma consulta tranquila, receber um mail com uma proposta irrecusável. Tocar o telefone e ter um convite para almoçar sushi com aquela pessoa por quem se está apaixonada há quase 13 anos. 
Ter uma tarde livre, ir às compras com tempo, comprar um bikini novo porque sim.
Abraçar os filhos mais lindos do mundo.
E chegar a casa e saber que amanhã é sábado.


O instagram do Café, Canela e Chocolate, aqui.

Dica 1: Para quem (como eu) se esquece de andar atrás com aqueles sacos grandes de ráfia para as compras (porque os de plástico são para esquecer), há uma solução cheia de pinta, os eco sacos Terra Lusa, inspirados na nossa cultura, e que cabem facilmente na carteira. O meu é num padrão de azulejos, super-giro e muito prático. vendem-se nos CTT, Museus e lojas de artesanato.

Dica 2: Para quem está no Algarve e anda à procura de um programa para os miúdos, o Fórum Algarve tem este fim de semana e no Dia da Criança muitas actividades giras para eles. Toca a aproveitar!





27
Mai15

Para as nossas crianças


Sofia Serrano

O Dia da Criança está a chegar, e por mais que eu ache que já têm toneladas de brinquedos e que precisam é do nosso tempo e que lhes ensinemos as coisas do dia a dia, é inevitável não pensar em lhes dar uma lembrança.
Presentes que acho óptimos e que são os escolhidos cá em casa: livros, tudo o que envolva actividades ao ar livre e jogos, em particular legos. Adoram construir castelos, casas, comboios e carros e passam horas a brincar com as peças.

Como aposto que aí em casa também há miúdos que adoram legos, vamos oferecer, em parceria com a LEGO ® 3 brinquedos LEGO DUPLO "O COMBOIO DOS NÚMEROS", para que o Dia da Criança seja comemorado em grande!

Para se habilitarem a este passatempo:

- fazer "gosto" na página da LEGO no facebook, aqui
- tornarem-se seguidores do Blog Café, Canela & Chocolate
- fazer "gosto" na página do Café, Canela & Chocolate no facebook, aqui
- deixar em comentário na foto do passatempo (que vai estar no facebook do blog) o nome de 3 amigos

Podem participar até ao dia 1 de Junho, dia da Criança, as vezes que quiserem!
Os 3 vencedores vão ser escolhidos através do random.org e anunciados a partir de dia 2/06.

Boa sorte!





27
Mai15

Confissões de uma médica (I)


Sofia Serrano

Quando era pequena, não queria serbailarina, ou cantora.
Quando era pequena, ficava horas a olharpara as estrelas, lia livros sobre constelações, sonhava com planetasdistantes. Quando era pequena, sonhava em ser astronauta. Achava que devia sera melhor profissão do Mundo, a mais aventureira e fascinante.
Por isso, decidi que era isso que ia ser.Astronauta.
Portanto, ia para a NASA e depois daí logose via.
Ou se não fosse astronauta, então queria serviajante do tempo - que podia perfeitamente ser uma profissão.

Nesta altura, combinei com o meu irmão, maisnovo que eu, que ele ia construir uma máquina do tempo quando crescesse para eupoder ser viajante do tempo. Não era fenomenal viajar até ao tempo dosdinossauros? Até à época do apogeu do Egipto? Descobrimentos? Anos 20? Enfim,era um excelente plano. E o rapazinho de uns 6 ou 7 anos na altura aceitou oplano. E na realidade, é agora um Físico reconhecido internacionalmente, porisso, mantenho a esperança de realizarmos este sonho.

E à medida que os anos foram passando,continuei a olhar para as estrelas. Em verões quentes, deitada na relva doparque de campismo algures na Costa Alentejana, entre confissões deadolescentes. Em telhados de garagens. No Alentejo, no meio da serra, onde avia láctea é tudo o que existe.

E depois pensei: então e se fosse jornalista?Também é um trabalho emocionante, pode ser cheio de aventura e dá para fazercoisas que eu adoro: ler, escrever, comunicar.
Ou então médica, que também me parecia umaprofissão com desafio, onde podia fazer a diferença.

Mas a minha mãe, professora de Biologia,acabou por me inspirar a ir para as ciências. Adorava ver com ela livros docorpo humano, aprender sobre plantas e vulcões. Começou aquela sensação quequeria saber cada vez mais sobre como funcionava o nosso organismo, o quemudava quando ficávamos doentes. Ser médica parecia cada vez mais uma profissãofascinante. E foi assim que acabei por ir para Medicina no ano em querecebíamos a Expo 98.

E se astronauta parecia ser uma profissãodifícil, atravessar o curso de Medicina também é um percurso cheio de desafios,onde temos de aprender a ser detetives e sobreviventes ao mesmo tempo, enquantoaguçamos um sexto sentido para podermos ser médicos. Bons médicos.
E durante o curso quis ser cardiologista. Epediatra, ou cirurgiã. Até ao dia em que, na disciplina de Pediatria, tínhamosde acompanhar uma família durante a gravidez, parto e primeiro mês de vida dofilho.
Foi nessa altura que eu vi, pela primeiravez, o nascimento de um bebé.
E lembro-me como se fosse mesmo agora, o quesenti. A emoção transcendente que me atingiu quando me apercebi que estava apresenciar um momento mágico. E chorei.
Naquele momento soube que queria serObstetra e que ia fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para o conseguir,porque não há nada mais desafiante e mais brilhante que uma nova vida no Mundo.
Não foium caminho fácil nem linear. Teve muitas peripécias, momentos difíceis,descobertas. Mostrou-me todo um novo mundo, por detrás das portas dosconsultórios, das salas do bloco operatório, das urgências. Teve momentosextraordinárioss e dias difíceis, longe da família. Mas todos os diascompensaram e continuam a compensar, sempre que se ouve o chorar de um bebé queacaba de nascer.


26
Mai15

Um prémio (o sonho comanda a vida)


Sofia Serrano

A Pumpkin, um site de referência para as famílias, está a organizar os Pumpkin Awards, que são uma forma de reconhecimento ao que de melhor se faz nesta área familiar: restaurantes, hotéis, peças de teatro, fotógrafos e muito mais. A categoria dos blogs também lá está e o Café, Canela & Chocolate teve a honra de ser nomeado e estar a votação entre muitos outros blogs fantásticos.
Se gostam de passar por aqui e gostavam de ver o Café,Canela & Chocolate ganhar o prémio de melhor blog para família, basta votar aqui.
Eu confesso que gostava! Podem deixar o vosso voto até dia 28!
(O sonho comanda a vida!)


26
Mai15

Resultado do passatempo 1 iogurte por dia


Sofia Serrano


Na sequência das comemorações do Dia do Iogurte, o Café, Canela & Chocolate, em conjunto com o programa 1 Iogurte por Dia, vai oferecer 10 livros "Sabor & arte", com receitas de pratos Mediterrâneos, organizadas por estações e respeitando a sazonalidade dos produtos - uma ajuda fantástica para quem gosta de cozinhar de forma saudável.
Tivemos muitas participações e muitos fãs assumidos de iogurte!

Os vencedores são:

Vanessa Andrade
Lucia Pereira
Teresa Carvalho
Susana Sousa
Lara Oliveira
Dália Antunes
Elodie Gonçalves
Ricardo Manuel Santos
Odete Alves
Ana Costa

Parabéns!

Por favor, enviem-me a vossa morada para msofiaserrano@gmail.com para receberem o livro por correio.
26
Mai15

Sim, eu durmo no hospital


Sofia Serrano

Há dias de urgência que são incrivelmente agitados, em que simplesmente, por mais rápido que trabalhemos, há sempre (muita) gente na sala de espera, que às tantas desespera. E um ritmo acelerado todo o dia faz com que o desejo de parar 5 minutos para comer, ir à casa de banho, ligar para casa para saber dos miúdos ou simplesmente respirar se torne numa necessidade básica.  
É exactamente nesse momento em que estamos a falar com o mais pequeno para saber como foi o dia, em que aproveitamos o telefonema para saber se a cópia da miúda correu bem e ao mesmo tempo tiramos um café para aguentar mais 12 horas de trabalho até ao outro dia de manhã, que há alguém que nos vê da sala de espera, e que acha que é um desrespeito os médicos estarem a beber café em vez de trabalharem. Juro que nestes momentos respiro fundo e simplesmente continuo, mas tenho vontade de convidar essas pessoas a passarem algumas horas comigo para perceberem esta vida de médico. 
E quando finalmente a agitação acalma e tudo está orientado, o cadeirão do bloco de partos surge na minha mente em modo miragem, como se estivesse bem ali a minha cama, a cama mais confortável do mundo. E sim, sou capaz de adormecer instantaneamente, como se estivesse na minha casa, para minutos depois me levantar num salto e estar pronta para internar mais uma grávida em trabalho de parto. 
Sim, os médicos também são pessoas. Também precisam de comer, ir à casa de banho, dormir. O amor à profissão não é suficiente para nos tornar sobre-humanos. E sim, também dormimos no hospital, sempre que podemos, para conseguirmos dar o nosso melhor quando é preciso.

                                     
24
Mai15

Look Natura


Sofia Serrano

O bom tempo chegou em força, e com ele a praia, os dias longos, as festas ao por do sol, as conversas e o tempo de qualidade com os amigos. Chegaram também as roupas leves, as túnicas, vestidos e tops na tendência do momento, o étnico e o boho chic, acompanhados de muitos acessórios e de calçado à anos 70, com as plataformas a marcar posição.
A Natura acompanha as tendências com a sua nova coleção de verão e marca posição com uma imagem renovada e uma loja on-line cheia de pinta, que inclui uma aplicação para andróide e dentro em breve para iOS que permite facilmente comprar aquela peça mais gira sem sairmos da praia.
Neste sábado, a Natura apresentou a sua nova coleção numa Sunset Party no Meco, cheia de glamour, onde muitas bloggers puderam experimentar os looks Natura, com direito a aconselhamento de imagem e maquilhagem. Um final de dia fantástico, no Gula do Meko, com muita música, animação e diversão. Inesquecível, esta nova Natura!



Look antes: vestido H&M
Óculos Mr Boho



                    A apresentação da nova Natura e da nova coleção (o dificil foi escolher!)
     



                                         

                             

     Look depois: tudo Natura (vestido, sandálias e acessórios), com maquilhagem Sónia Godinho e aconselhamento de imagem Anita Silvestre.




                      

       
                  Coisas boas deste evento: magnum black, o meu preferido e do urso também!




        
                                          Uma sunset Party no Meco inesquecível !

Fotos: Pau Storch

    





19
Mai15

O bater do coração


Sofia Serrano

Lembro-me muito bem da emoção que foi ouvir, pela primeira vez, o coração dos meus filhos durante a primeira ecografia. Lembro-me que das duas gravidezes não consegui conter as lágrimas, apesar de todos os dias trabalhar com grávidas e não ser nada de novo para mim. Mas ao mesmo tempo é sempre um momento único, especial. E não sei se é esta paixão por este trabalho, mas sempre que ponho no ecrã do ecógrafo a imagem daquele ser pequenino e carrego no botão que permite aos futuros pais ouvir o coração do filho deles pela primeira vez, volto-me a emocionar. 
O bater de um coração novinho em folha é algo especial.
Significa sempre esperança.
 
                            
 
17
Mai15

A nossa Ria Formosa


Sofia Serrano


A Ria Formosa é, sem sombra de dúvida, o mais belo Parque Natural do Algarve. 
Estende-se por mais de 60 km e alberga espécies únicas. Somos apaixonados pela Ria!
Descobrimos há pouco tempo que ainda podemos aprender um bocadinho mais sobre A Ria Formosa: o Fórum Algarve tem uma exposição até dia 1 de Junho, que se chama "Gui- Vamos explorar a Ria Formosa", onde miúdos e graúdos são convidados a descobrir a Ria, num espaço aberto ao público, todos os dias.
Para além da exposição, há atelier temáticos de decorrem no fim de semana às 11h e às 18h.
Este fim de semana visitámos a exposição e participámos no atelier "O Herbário da Ria Formosa" - a M., com a ajuda do mano, fez um herbário com várias espécies de plantas da Ria, aprendeu os nomes comuns e científicos das mesmas, cortou e colou e veio para casa encantada com o seu herbário!
Claro que um dos momentos altos é a visita do Gui, que também por lá anda e faz as delícias dos miúdos.






Todos muito atarefados e concentrados, a seguir as indicações do monitor, que indicava como fazer o herbário.


Também andaram a explorar a exposição: fizeram puzzles dos animais da Ria, viram ao microscópio algas, aprenderam sobre a interferência do ruído e descobriram os sítios preferidos das lontras e de outros animais. Uma das coisas que mais gostaram foi o "apalpário" um aquário que recria o ambiente da Ria e das poças com maré baixa, e onde podem descobrir e tocar em várias espécies, desde peixes, a algas e ouriços!













Uma exposição que vale muito a pena, até 1 de Junho no Fórum Algarve!

Pág. 1/3

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.