Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

04
Nov15

Coisas que uma mãe deve ensinar a um filho


Sofia Serrano

5aee50bde348e733d509fddef0aa18d3.jpg

 

Queremos que o nosso miúdo seja mesmo um príncipe encantado? Então, não nos podemos esquecer disto:

 

1. Ensiná-lo a dizer o que sente. Expressar os sentimentos é das coisas mais importantes para que cresça bem e feliz.

2. Incentivá-lo em todas as coisas. Assim, ele vai acreditar em si e querer sempre ir mais além.

3. Ensiná-lo a tratar da roupa. Deixá-lo ajudar a levar a roupa para a máquina, a estender a roupa, a guardar a mesma. Ajudar nas tarefas domésticas é importante.

4. Ler para ele e ler com ele. A imaginação cresce com a leitura.

5. Incentivá-lo a dançar. Crianças que dançam vão ser adultos felizes.

 

 

03
Nov15

Os 40 anos e a revolução Caudalie


Sofia Serrano

Os 40 anos são uma espécie de barreira psicológica para nós, mulheres. Em particular quando falamos da pele - entramos progressivamente na idade da falta de definição, com contornos menos nítidos, traços que descaem, pele menos tónica, menos elástica...  Eu vou a caminho dos 36, mas parece-me que o número 40 se aproxima vertiginosamente. E se tenho a sorte de ter um aspecto de miúda e poucas rugas, é sempre bom saber as opções que tenho para os próximos tempos. 

Bom, a culpada nisto tudo é a derme. Ou melhor, a idade, que com o stress oxidativo faz com que tudo funcione menos bem nesta camada da pele, diminuindo as fibras de sustentação e a quantidade de ácido hialurónico.

A Caudalie associou-se desde 2013 a Harvard na pesquisa destes mecanismos de envelhecimento, e daí resultou uma nova gama Resvaratrol Lift, uma associação exclusiva de Resveratrol de videira e complexos de ácido hialurónico micro. O que é que isto significa? Basicamente, uma revolução na firmeza da pele!

 

image004.jpg

 E agora uma surpresa: temos uma linha completa da nova gama Resveratrol Lift para sortear!

Para se habilitarem basta:

 

 

 

03
Nov15

Para os dias de chuva


Sofia Serrano

Lembram-se deste post ?

Pois é, a chuva continua e e as galochas são mesmo uma peça fundamental para os miúdos, que adoram sair mesmo com chuva e lama!

Andei à procura de umas com uma boa relação qualidade preço, e que pudessem ser usadas também no colégio, que tem uniforme obrigatório. Não é assim tão fácil encontrar uma galochas azuis escuras para criança que sejam giras e não tenham o preço exagerado das Hunter. Acabei por encontrar aqui, na Pisamonas.

Para além de serem óptimas para os dias de chuva, são excelentes para os nossos passeios no campo.

 

DSC_0259.JPG

 

 

01
Nov15

Carta ao SNS


Sofia Serrano

Querido Serviço Nacional de Saúde,

 

Gostava de começar esta carta por um "espero que te encontres bem". Porém, parece-me que não seria muito apropriado.

Isto porque sei que já foste um SNS de excelência, mas agora, de facto, não te encontras bem.

Não sei bem em que altura começou, mas a verdade é que as coisas foram mudando, lentamente. Era um orgulho para todos vestirmos a tua camisola e fazermos parte deste projecto de levar a saúde a todos, mas as coisas mudaram.

Talvez tenha sido a crise. Talvez tenha sido a má gestão. Talvez o aparecimento de hospitais privados, os seguros. Não sei.

O que é facto é que nos últimos anos, algo muito dramático tem acontecido. O tempo que se espera para uma consulta aumentou assustadoramente. As listas para cirurgias são infindáveis. As faltas de material acontecem todos os dias em todo o lado. As taxas moderadoras vão aumentando. Não há verbas para investigação, a formação dos mais novos é deixada para trás. Há poucos enfermeiros, há poucos médicos. Faltam anestesistas, faltam cirurgiões, faltam obstetras, faltam ortopedistas e tantos outros, em particular nas zonas mais periféricas do país. Há muito trabalho e pouca gente, e por isso a exaustão é permanente. E profissionais de saúde exaustos não podem desempenhar as suas funções na perfeição, como se espera deles.

Mas as administrações insistem. Insistem que é preciso fazer vários turnos de 24 horas por semana. Insistem que é preciso continuar a trabalhar no dia seguinte, após uma urgência nocturna (ou de 24h). Insistem que mesmo quando não há locais para descanso, condições para os profissionais de saúde tomarem banho, material para trabalhar como luvas ou papel, é preciso continuar. Mais de 24 horas, muitas vezes, repetidamente.

E na verdade, querido SNS, o que tem acontecido vai-se agravando cada vez mais. Porque poucos conseguem trabalhar nestas condições. Os que podem acabam por rumar para outros países, com melhores condições de trabalho, melhores condições de vida. Com tempo para os doentes, tempo para a família, horas para descansar, como devia ser obrigatório por aqui. E nesses outros países sabem que os profissionais de saúde formados no nosso país são excelentes, e recebem-nos de braços abertos. Outros optam por unidades privadas, porque não conseguem mais trabalhar nas condições dos hospitais públicos.

Os que ficam, e que ainda sustêm este SNS dão tudo o que têm, mas precisam de mais. Não vão aguentar muito mais tempo. Precisam de respeito, de condições de trabalho. Precisam de uma remuneração adequada. Precisam de descansar para poderem trabalhar. Precisam de novos líderes, de novas políticas de saúde. 

Por isso, querido SNS, desejo que melhores. Que não deixes de ser um dos melhores do mundo. Mas neste momento, o prognóstico é reservado. E parece-me que os tratamentos para a tua condição são ainda todos experimentais.

 

Uma médica

 

1863f75ecae52b33cab4a3ee48a379a3.jpg

 

 

 

 

 

Pág. 3/3

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.