Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

27
Abr17

Ideias para as mães #1


Sofia Serrano

unnamed-3.jpg

 

Vem aí o Dia da Mãe! É já no domingo, dia 7 de Maio, por isso está na altura de fazer planos. Vou deixar aqui no blog algumas ideias de programas e presentes para as melhores mães do mundo!

 

#1 - Aproveitar um brunch especial nos Hotéis Real:

 

Em Lisboa, o Hotel Real Palácio apresenta uma edição especial de brunch com destaque para o bacalhau lascado com crocante de cebola roxa e para os bifinhos de novilho com molho de cogumelos, saladas simples e compostas, seleção de entradas como leitão assado e espetadas de camarão com maionese teriaki e ainda selecção de sobremesas desde 35€ com bebidas incluídas da seleção do hotel.

 

O Hotel Real Oeiras apresentando uma edição especial desde 22€ por pessoa, com destaque para a tábua de queijos e enchidos, o peito de frango com crosta de farinheira, buffet especial para crianças e uma seleção de doces e sobremesas dedicadas à mãe .

 

Com uma vista deslumbrante sobre a Ria Formosa, no Real Marina Hotel & Spa em Olhão, o “Brunch em Familia” oferece um leque de opções para a sua mãe se sentir verdadeiramente especial. Começando pelas entradas de cocktail de camarão e espetada de melão com presunto, passando pelo filete de peixe galo com molho de açafrão ou lombo de porco recheado com tâmaras e para sobremesas o semi-frio de framboesas, tarte de chocolate, torta de canela e crème brûllée de tangerina, entre outras, desde 22€ por pessoa.

Como habitual nestas três unidades, o Brunch em Família inclui actividades infantis com uma monitora, onde poderão fazer um presente especial para a mãe.

 

O Grande Real Villa Itália Hotel & Spa, em Cascais, aposta no “Brunch à Boca do Mar Especial Dia da Mãe”, desde 35€ por pessoa com a novidade de pratos de marisco como as ostras ao natural, casco com recheio de sapateira, mexilhões com estufado de tomate, apresentando uma tradicional selecção de padaria e charcutaria regional, petiscos portugueses, show cooking de massas e risotos, cantinho mexicano com nachos e guacamole, sushi e rosbife e ainda uma seleção de doçaria e pastelaria que não podem faltar para adoçar a sua mãe.

 

Em todas as unidades, as crianças dos 5 aos 11 anos pagam apenas 50% e dos 0 aos 4 anos não pagam.

 

25
Abr17

A corrida das mães!


Sofia Serrano

Dia da Mãe (44).JPG

 

Os dias são uma constante corrida. E a classificação das mães é, quase sempre, esta:

- As mães são sempre as primeiras a ouvir a tosse do filho durante a noite, ou o choro por ter perdido a chucha ou por ter tido um pesadelo.

São as primeiras a chegar juntos dos filhos quando começam a ter febre.

São as primeiras a levantarem-se de manhã, porque mesmo que os filhos já tenham acordado, precisam sempre da ajuda da mãe para ir à casa de banho, vestir-se ou ligar a televisão.

- As mães são sempre as últimas a ficar prontas de manhã - porque primeiro preparam as mochilas dos filhos, ajudam-nos a lavar a cara, os dentes, a pentear-se, fazem o pequeno almoço, ajudam a vestir, resolvem birras matinais e só depois, nuns míseros cinco minutos porque já não há tempo para mais, ficam prontas para sair para o trabalho.

- As mães são sempre as primeiras a saber que o seu filho está a ficar doente, porque mesmo que ainda não tenha febre nem tosse, há alguma coisa que lhe diz que há algo errado.

- As mães são sempre as últimas a terminar uma refeição - porque durante a mesma, serviram os filhos, ajudaram a comer a sopa, cortaram a carne, ajudaram a terminar os legumes e ainda descascaram a fruta.

E só depois conseguiram avançar para o seu prato e terminar a refeição, com a comida já fria, claro.

 

20
Abr17

Dia das profissões na escola do miúdo


Sofia Serrano

18049594_1817931128533962_12722094_o.jpg

 

O mais pequeno está a falar sobre as profissões na escola. Os pais foram convidados a dar a conhecer a sua profissão, e hoje foi a minha vez de lá ir explicar o que era isto de ser médica obstetra.

Ele ajudou-me a preparar a apresentação em casa. Escolhemos umas imagens para explicar a todos os meninos este mundo dos "bebés na barriga" , e ele quis levar uma bola para os amigos perceberem que o pequeno bebé-feijão cresce até um tamanho considerável, mais ainda se forem gémeos! 

Também lhes expliquei que os bebés estavam dentro de "água" (o líquido amniótico) e que "comiam" e "respiravam" pelo cordão umbilical. Depois, brincamos aos médicos obstetras e grávidas :) e todos aprenderam a explicar às futuras mães o que podem comer, a pesá-las e a apontar os números no livro da Grávida.

Experimentaram fazer ecografias e perceberam como nascem os bebés e o que é preciso que o médico faça quando os está a ajudar a nascer.

 

18
Abr17

Vencedores do passatempo com a Viviscal


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2017-04-18, às 08.59.17.png

 

Durante o mês de março, decorreu no blog o passatempo em parceria com a Viviscal - por um cabelo mais forte e saudável!

O desafio era enviarem a vossa história de queda ou enfraquecimento de cabelo, para se habilitarem a ganhar um dos kits Viviscal Gorgeous Growth para oferecer - champô, amaciado, elixir e suplemento alimentar.

Tivemos mesmo muitas participações, mais do que estávamos à espera e não foi nada fácil decidir a quem atribuíamos os prémios.

Por isso, a marca resolveu oferecer não 2 mas 3 kits completos.

Assim, sem mais demoras, os vencedores são:

 

Ana Barbosa
Veronica Moreira
Sara Lino

 

Muitos parabéns às três!

Por favor, contactem-me para o mail msofiaserrano@gmail.com com a morada para onde podemos enviar o vosso prémio.

17
Abr17

Vitamina D


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2017-04-17, às 14.56.05.png

 

 

A água está ótima, as praias com pouca gente e há muitas conchas para apanhar! Estamos a aproveitar as férias para repor os níveis de vitamina D, depois de um inverno cinzento e chuvoso. Por mim, tinhamos bom tempo todo o ano!

Sabiam que mesmo num país como o nosso, com muitas horas de sol todo o ano, uma parte importante da população tem défice de vitamina D?

A verdade é que passamos muitas horas dentro de casa ou no trabalho, e quando nos expomos ao sol, geralmente temos protetor solar (mesmo os cremes de rosto hidratantes ou antirugas têm protetor solar!).

A vitamina D é muito importante para o nosso organismo, participando em várias funções. Vários estudos têm relacionado o défice de vitamina D com maior probabilidade de cancro da mama ou de esclerose múltipla, entre outros problemas para a saúde.

O corpo produz vitamina D a partir do colesterol, quando a pele é exposta à luz solar, convertendo o colesterol na tão importante vitamina.  Também é encontrada em certos alimentos, como peixes e produtos lácteos enriquecidos, mas a verdade é que a exposição solar é a maior fonte de vitamina D.

Com isto não quero dizer que nos devemos expor ao sol indiscriminadamente - atenção ao cancro da pele!

No entanto, devemos apanhar pelo menos 30 minutos diários de sol, sem protetor solar, numa altura de "sol bom". E devemos tentar passar mais tempo "lá fora", nos parques, nas esplanadas, na praia, no campo! Faz bem a todos da família, ao corpo e à mente, e a nossa saúde agradece.

 

16
Abr17

Confissões de uma médica #14 : o mundo está a mudar


Sofia Serrano

1.jpg

 

Vivemos num mundo maravilhoso. Com um sol fantástico, paisagens bonitas. Cheio de diferentes culturas e tradições. Com amor e amizade. Mas também recheado de desigualdades, discriminação, guerra, doenças.

Nas últimas semanas voltamos a ouvir falar do sarampo. Uma doença que estaria erradicada até...bom, até deixarmos de ter uma população vacinada. O sarampo voltou, como a tosse convulsa. Por várias razões possíveis, desde os pais que optam por não vacinar as crianças (quero acreditar que por estarem mal informados) até ao facto de recebermos no nosso país pessoas provenientes de zonas do mundo onde não existe um plano de vacinacão.

A verdade é que já ninguém está habituado a ver ou tratar sarampo. Há mais de 30 anos era frequente, mas em 2016 tinha sido erradicada de Portugal.

 

 

Por isso, é muito fácil alguém entrar no nosso pais com a doença (que é altamente contagiosa), achar que está com uma simples virose, e em poucos dias contactar com muitas pessoas - nos centros comerciais, numa ida ou cinema ou no supermercado - e infetar muita gente. Em particular, as crianças ou adultos que não foram vacinados. E se numa semana temos 4 casos, na semana seguinte podemos ter o dobro ou o triplo, e por aí em diante. O sarampo tem na maioria dos casos uma evolução benigna, mas nalguns pode ter complicações graves, como convulsões, pneumonia, sequelas graves ou mesmo morte.

O que é que podemos fazer? Em primeiro lugar, confiar no Plano Nacional de Vacinação e vacinar os nossos filhos, de forma gratuita - e confirmar se temos as nossas vacinas em dia. A moda de "não vacinar os filhos" tem surgido cada vez mais como uma têndencia das sociedades que vivem com segurança e conforto, a ponto de ignorar os riscos de doenças que parecem pertencer ao passado - mas que rapidamente voltam a surgir.

 

 

09
Abr17

Sobre o filme "Bailarina"


Sofia Serrano

IMG_9122.JPG

 

O filme de animação "Bailarina" chega aos cinemas a 27 de abril, mas tivemos o privilégio de assistir à antestreia.

Uma tarde especial nos cinemas UCI do El Corte Inglês, que começou com a magia do ballet, com um bailado maravilhoso que encantou todos os presentes. Depois conhecemos as caras que dão voz ao filme e Mia Rose e Miguel Cristovinho dos DAMA, que dão voz às personagens principais, intrerpretaram ao vivo o tema principal do filme - fui partilhando alguns momentos no nosso instagram, aqui.

 

"Bailarina" conta a história de uma menina órfã, que sonha ser bailarina, e do seu amigo inventor. Juntos, fogem do orfanato onde viviam para Paris, onde acreditam que podem realizar os seus sonhos.

O filme mostra a persistência, esforço e sacrifício que são necessários para podermos efetivamente realizar os nossos sonhos.

É lindo, muito emocionante, mas também divertido, e com uma magia e força extraordinária.

A não perder!

 

IMG_9123.JPG

IMG_9124.JPG

 

09
Abr17

Boss Baby


Sofia Serrano

IMG_9110.JPG

 

A Mustela faz parte da família - em particular com a gama Stelatopia, que tem sido a única a resultar na pele atópica dos miúdos, e que não largamos por nada.

Por isso, foi com muito entusiasmo que aceitamos o convite da Mustela para ir assistir à antestreia do filme Boss Baby!

Foi no Colombo, nos cinemas NOS, e o Musti estava lá, a distribuir abraços. 

Ja tínhamos espreitado o trailer do filme, e por isso os miúdos já iam com grande expectativa. O filme está muito, muito giro! Um história engraçada, sobre a chegada de um novo irmão à família, com muito sentido de humor e momentos muito emocionantes, que nos fazem pensar. 

Vale muito a pena, levem os miúdos nestas férias da Páscoa, eles vão adorar (e os crescidos também!).

 

Pág. 1/2

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.