Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

19
Mai17

Coisas de bebés


Sofia Serrano

Dia da Mãe (2).JPG

 

Às vezes perguntam-me se não tenho saudades da altura em que os meus filhos eram bebés.

Aquela altura em que eles são completamente dependentes de nós, em que ainda se estão a ambientar à vida fora da barriga da mãe. Aquela altura em que temos de saber interpretar choros, descodificar pequenos barulhinhos fofos que eles fazem, perceber se estão felizes, se têm fome, se têm cólicas, se estão com calor.

Tenho boas memórias desses tempos (algumas não tão boas assim!) mas gosto de pensar que é bom aproveitar todas as fases da vida deles, com tranquilidade e sem saudosismos, sabendo que cada dia é recheado de surpresas e desafios.

 

A verdade é que a fase de "bebé" tem MESMO grandes desafios.

Tive a sorte de conseguir amamentar os meus dois filhos sem grandes problemas até terem 12 meses, o que foi ótimo para todos e extremamente prático.

Quando vejo as minhas amigas com bebés pequenos uma das coisas que as faz desesperar (para além das dúvidas e dificuldades iniciais com a amamentação) são as cólicas!  Aposto que toda a gente já ouviu mil-e-uma-receitas para ajudar nas cólicas do bebé - e há umas que resultam, outras nem por isso.

A verdade é que as cólicas fazem parte da adaptação do bebé à vida exterior e têm que ver com a imaturidade intestinal. O Pedro teve uns episódios terríveis de cólicas quando ainda mamava em exclusivo, mas felizmente foram poucos. Queridas enfermeiras que me ensinaram bons truques e deram dicas para minimizar o problema! 

 

 

Depois, quando se introduz a sopa, há novos desafios. Aqui por casa, entrámos no capítulo da obstipação - aquela coisa da sopa de cenoura, batata e cebola alterou completamente os hábitos intestinais dos meus bebés! Falámos com o pediatra e pesquisamos, de forma a minimizar o problema. E melhorou.

A verdade é que tudo isto acontece frequentemente ao longo do crescimento do bebé, e sempre que há dúvidas, o melhor é aconselharmo-nos com os profissionais de saúde. Porque, além dos truques e dicas, no caso em que o leite materno não seja possível ou suficiente, o profissional de saúde pode recomendar produtos adequados que ajudem nestas situações, pelo bem estar do bebé (e dos pais!).

Estudos recentes sugerem que a nutrição no início da vida pode influenciar a nossa saúde na idade adulta.

Portanto, ter um bebé um uma coisa extraordinariamente maravilhosa, mas também desafiante. E se querem encontrar mais informações úteis, espreitem o site Aptababy, aqui.

 

 

 

 

 


Nota Importante: O leite materno é o alimento ideal para o bebé. Consulte sempre o Profissional de Saúde sobre a melhor nutrição para o seu bebé.

*Post escrito em parceria com Milupa Comercial, S.A.

 

1 comentário

Comentar post

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.