Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

04
Ago13

Crónicas de uma interna #4


Sofia Serrano

Desde cedo que nos incitam à competição. A sermos os melhores. Os melhores é que têm boas notas nas escolas. Os melhores é que entram em Medicina. Os melhores é que acabam o curso com uma média alta e podem fazer um bom doutoramento. Os melhores entram para as melhores especialidades.
Lembro-me da cerimónia de recepção aos novos alunos no primeiro ano do Curso de Medicina. De me sentar num majestoso anfiteatro com muitas outras caras com um misto de ansiedade, medo e euforia. Lembro-me vagamente do discurso pomposo feito pela então professora de Bioquímica. Mas lembro-me de ela ter usado a expressão "vocês são a nata da nata, não podem desiludir". De ter colocado nos nossos ombros a responsabilidade de sermos os melhores. De nos incitar a sermos os melhores.
Mas mesmo num mundo regido pela competição e a ânsia de vencer, persistem as coisas boas da vida. A amizade. O espírito de entreajuda. Mesmo num anfiteatro cheio motivado para a luta desenfreada pelos lugares cimeiros, há olhares que se cruzam e que partilham ideias e valores.
Mesmo num dos cursos mais competitivos, tive boas (muito boas) amigas e bons amigos. Fazíamos e partilhávamos apontamentos, estudávamos em conjunto. Queriamos ser bons, ter boas notas, ser bons médicos. Mas trabalhávamos em conjunto. Optimizávamos recursos. Riamos juntos. Chorávamos juntos. Vestimos a bata e pusemos o estetoscópio juntos pela primeira vez e, quais detectives, faziamos listas de potenciais doenças para um e outro doente, porque duas cabeças (ou mais) pensam melhor que uma só. E no fim, o trabalho de equipa resultou. Mais que a competição individual e desenfreada.
E depois na especialidade, o espírito é o mesmo. Temos um programa a cumprir. Números para apresentar. Trabalhos para fazer, palestras para dar. A competição novamente e sempre. Mas mais uma vez, o trabalho em equipa é, sem dúvida, meio caminho andado para sermos os médicos que desejámos. Precisamos de bons profissionais, competentes. Mas acima de tudo, precisamos de boas pessoas.

Para seguir o Café, Canela & Chocolate no Facebook é aqui.
(e se quiserem seguir este blog, também podem: é só carregar ali no canto superior direito, onde diz "aderir a este site"!)



5 comentários

Comentar post

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D