Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

30
Jan13

Grávidas #9: exercício físico


Sofia Serrano

Já falei aqui sobre o aumento de peso e a alimentação.
Hoje vou dar algumas dicas em relação ao exercício físico.

Deve-se ou não fazer exercício físico durante a gravidez?

Vários estudos demonstram que as mulheres que fazem exercício durante a gravidez têm menor probabilidade de ter determinadas complicações na gravidez, como a diabetes gestacional, e toleram melhor o parto.

As grávidas que já praticavam regularmente alguma modalidade desportiva podem e devem continuar a fazê-lo, com pequenas excepções e algumas eventuais adaptações dos exercícios. O exercício físico deve ser moderado (nada de corridas extenuantes ou desportos violentos) e devem ser evitados movimentos que impliquem saltos ou vibrações fortes. A grávida deve também evitar deitar-se de costas (em particular quando a barriga já começa a ficar maior, porque diminui o fluxo de sangue para o feto), os pés devem-se manter em movimento e evitar mudanças súbitas de posição. Yoga, natação, caminhada, danças ligeiras, bicicleta estática, corrida ou outro exercício aeróbio são óptimos.

As grávidas sedentárias também podem aproveitar esta fase da vida em que é mais fácil adoptar bons hábitos e começar a fazer pequenos períodos diários de caminhadas (cerca de 15 minutos, que eventualmente podem ser aumentados para 30 minutos, se a grávida se sentir bem)ou natação, desde que não haja contraindicação médica. Yoga ou pilates também são boas opções e devem ser adaptados à grávida, devido à barriga.

Boas ideias:


Yoga para grávidas 

Caminhada 

Natação 

Pilates


Desportos desaconselhados: desportos de contacto (artes marciais, futebol, basquetebol...), ski, snowboard, equitação e ténis. Mergulho também é desaconselhado, bem como qualquer exercício que implique movimentos bruscos ou represente perigo de trauma abdominal.
Nalguns casos, o médico desaconselhará a prática de exercício físico por problemas relacionados com a gravidez ou com a mãe. Por isso, é boa ideia falar na consulta sobre o que gostaria de fazer e perceber se não há qualquer tipo de problema.

Para seguir o Café, Canela & Chocolate no facebook é aqui.


1 comentário

Comentar post

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D