Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

15
Jul15

Guia rápido para campistas de primeira viagem


Sofia Serrano

As férias em contacto com a natureza estão na moda e ir acampar é uma excelente opção para uns dias em contacto com a natureza.
Para quem já está habituado a sair de mochila às costas, ir acampar já não tem ciência. Para os que vão pela primeira vez, deixo aqui algumas dicas importantes, que espero que ajudem a organizar tudo da melhor forma.



O que levar

Nós vamos acampar os quatro, por isso, deixo uma lista do material essencial para dois adultos e duas crianças:

- uma tenda familiar fácil de montara nossa é esta, com um quarto grande e uma sala, com altura suficiente para colocar a mesa de refeições no interior ou para eles brincarem
Dica: dependendo do sítio para onde se vai, pode ser boa ideia comprar estacas extra, apropriadas para piso duro. Não esquecer de um bom martelo. Um tapete de chão também é boa ideia para colocar no piso antes de montar a tenda e assim dar um reforço extra ao piso da tenda (e evitar pó por todo o lado)

- sacos cama, quentes o suficiente para se optarmos por acampar em zonas onde a noite é bem fresca (como a costa vicentina). 
Dica: Para quem gosta de dormir como em casa, então os colchões insufláveis são uma boa opção. Nós colocamos uma protecção de chão destas  e experimentamos o duro do chão por umas noites.

- lanternas para a tenda, se forem como nós e dispensarem a electricidade por uns dias. Estas são óptimas, porque se penduram na tenda e são leves, podendo ser levadas para qualquer lado.
Dica: ter um candeeiro a gás também pode ser uma boa opção em caso de falência das pilhas.

- uma mesa de campismo com bancos dobráveis, que ocupe pouco espaço, mas que dê para instalar 4 pessoas confortavelmente.

- loiça leve e fácil de transportar, para 4 . Nós usamos a loiça do IKEA de plástico colorido (pratos, talheres, copos, taças). Uma panela de caminhada é boa para cozinhar num pequeno fogareiro.
Dica: um conjunto de campismo destes pode ser muito útil, porque tem o fogareiro para cozinhar, mas também lanterna e cartuchos extra.

- para quem quiser manter alimentos refrigerados e tiver electricidade, uma pequena geleira pode ser uma boa opção.

- outras coisas importantes: um canivete suíço, com várias funções (dá sempre jeito para cortar o pão ou abrir latas), uma corda para colocar as toalha e outra roupa a secar, uma pequena vassoura e uma pá, para retirar os quilos de terra que vão parar à tenda. Detergente para a loiça e um esfregão também são importantes (os miúdos adoram ajudar nas tarefas!).


Escolher o sítio

Há muitos parques de campismo fantásticos no nosso país. Os preços podem variar, e também os serviços que oferecem. Nalguns, por exemplo, o acesso à piscina é pago, noutros está incluído.
Para montar a tenda é boa ideia escolher uma zona com sombras (durante o dia a tenda aquece), que seja perto de uma casa de banho (principalmente por causa dos miúdos) e onde o terreno seja direito.


Vestir 

A roupa quer-se prática: t-shirts e calções, vestidos para a praia, ténis e havaianas. Jeans ou leggings. Chapéus! Se optarem por zonas como a Costa Vicentina, quando anoitece arrefece bastante e é muito importante levar roupa quentinha (sweat-shirts e mesmo polares).


Comer

Muitas das vezes, temos receio de viajar por causa dos miúdos, em particular em relação à alimentação. O que descobrimos muitas vezes nestas aventuras é que eles se adaptam optimamente a mudanças e que até começam a comer coisas que pensávamos que não gostavam.
Os parques de campismo têm geralmente supermercado, o que permite comprar fiambre ou queijo e o pão fresco para o pequeno almoço, e tudo o que for necessário.
Massas e enlatados são sempre coisas mais práticas para fazer as refeições. Nos parques há zonas para fazer grelhados e se estiverem a pensar ir para uma zona junto ao mar, é excelente comprar peixe fresco para o almoço.
Dica: para quem não tem frigorifico, há uma série de opções para os miúdos. Os leites em pacotes pequenos, papas, boiões de frutas, aqueles iogurtes que não precisam de frigorifico (Iogolinos) ou queijinhos como os mini-Babel ou os triângulos


Estas são só algumas dicas, se tiverem mais partilhem!

Boa aventura!








3 comentários

Comentar post

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.