Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

12
Fev14

Razões para as empresas quererem contratar mães com filhos pequenos


Sofia Serrano


Há a ideia que contratar mães com filhos pequenos não será fantástico para o negócio : todos sabemos que as mães tiram licença de maternidade, podem ter horário reduzido para amamentar, vão faltar se os filhos ficarem doentes ou têm de sair mais cedo para ir com os miúdos ao médico ou a reuniões da escola. São mães, não há como evitar estas coisas. Eu sou assim. 
Mas na realidade, as mães com filhos pequenos são fantásticas trabalhadoras e são um trunfo para muitas empresas, porque têm capacidades únicas:

- conseguem chegar ao trabalho sempre com bom aspecto, mesmo quando passaram uma noite inteira a acabar um projecto (ou depois de uma urgência de 24 horas non-stop), porque estão habituadas a que os miúdos acordem de 3 em 3 horas para mamar ou que passem a noite a destapar-se, a perder chuchas ou a ter pesadelos - e elas já sabem quais os cremes e bases milagrosas para estarem radiantes depois de uma noite com pouco descanso.


- conseguem fazer imensa coisa ao mesmo tempo, e mesmo com uma só mão, porque desde que os filhos nasceram, em particular o segundo, que estão habituadas a que os dois peçam coisas diferentes ao mesmo tempo, um queira colo (ou os dois) e tenham de arrumar a casa e fazer o jantar, tudo no mesmo instante - portanto fazer em simultâneo um telefonema importante, acabar um relatório no computador e rever o trabalho da manhã com um colega é canja.


- são extraordinárias na organização do tempo e dos horários no trabalho e nada falha - porque têm o treino da rotina com os miúdos com horários da escola, natação, ballet, banhos, jantares, histórias e hora de dormir e se um destes elementos falha, o caos está instalado.


- são compreensivas e flexíveis, e estão sempre dispostas a ajudar os colegas com imprevistos - porque sabem que a qualquer instante podem receber um telefonema a avisar que o miúdo está com febre, ou que a miúda está cheia de pintas, e têm de largar tudo porque são mães.


- são as melhores naquilo que fazem - porque já têm a experiência de  ter os melhores filhos do mundo.






24 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D