Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

19
Mai17

Coisas de bebés


Sofia Serrano

Dia da Mãe (2).JPG

 

Às vezes perguntam-me se não tenho saudades da altura em que os meus filhos eram bebés.

Aquela altura em que eles são completamente dependentes de nós, em que ainda se estão a ambientar à vida fora da barriga da mãe. Aquela altura em que temos de saber interpretar choros, descodificar pequenos barulhinhos fofos que eles fazem, perceber se estão felizes, se têm fome, se têm cólicas, se estão com calor.

Tenho boas memórias desses tempos (algumas não tão boas assim!) mas gosto de pensar que é bom aproveitar todas as fases da vida deles, com tranquilidade e sem saudosismos, sabendo que cada dia é recheado de surpresas e desafios.

 

A verdade é que a fase de "bebé" tem MESMO grandes desafios.

Tive a sorte de conseguir amamentar os meus dois filhos sem grandes problemas até terem 12 meses, o que foi ótimo para todos e extremamente prático.

Quando vejo as minhas amigas com bebés pequenos uma das coisas que as faz desesperar (para além das dúvidas e dificuldades iniciais com a amamentação) são as cólicas!  Aposto que toda a gente já ouviu mil-e-uma-receitas para ajudar nas cólicas do bebé - e há umas que resultam, outras nem por isso.

A verdade é que as cólicas fazem parte da adaptação do bebé à vida exterior e têm que ver com a imaturidade intestinal. O Pedro teve uns episódios terríveis de cólicas quando ainda mamava em exclusivo, mas felizmente foram poucos. Queridas enfermeiras que me ensinaram bons truques e deram dicas para minimizar o problema! 

 

 

25
Nov16

Tosse convulsa - como proteger os nossos bebés?


Sofia Serrano

IMG_8463.JPG

 

A tosse convulsa é uma doença causada por uma bactéria, que afeta o sistema respiratório. 

 

A vacinação para a tosse convulsa existe desde 1965 no plano nacional de vacinação. No entanto, por razões várias , o número de casos de tosse convulsa tem aumentado nos últimos anos, em particular em bebés até aos dois meses, já que só a partir dessa idade é que se inicia a vacinação dos mesmos.

Os bebés precisam mais frequentemente de internamento em cuidados intensivos, e têm mais frequentemente complicações graves.

Assim, têm-se tentando encontrar maneiras de proteger estes bebés pequenos, que ainda não foram imunizados.

 

A melhor estratégia parece ser a vacinação da grávida, que se baseia na passagem transplacentária de anticorpos da mãe para o filho, conferindo-lhe proteção passiva até ao início da vacinação, aos 2 meses de vida.

 

A vacinação deve efetuar-se na altura da gravidez em que a passagem de anticorpos é mais eficaz, o que acontece entre as 20 e as 36 semanas, mas principalmente entre as 20 semanas e as 32 semanas de gravidez.

A vacinação anterior à gravidez ou a vacinação em gravidez anterior não cumpre este requisito, sendo necessário repetir a vacinação em cada gravidez.

 

RECOMENDAÇÃO:

- Recomenda-se a vacinação durante a gravidez com uma dose de vacina combinada contra a tosse convulsa, o tétano, e a difteria, em doses reduzidas (Tdpa), entre as 20 e as 36 semanas de gestação, idealmente até às 32 semanas;

- A vacinação deve ocorrer após a ecografia morfológica (recomendada entre as 20 e as 22 semanas + 6 dias).

 

Dica: se estão grávidas, falem sobre este assunto com o vosso médico assistente. Só a partir de 2017 a vacina será dada gratuitamente à grávida, mas atualmente pode ser comprada com prescrição médica e administrada no Centro de Saúde.

 

A recomendação é da DGS e pode ser integralmente consultada aqui.

 

 

 

09
Mar16

Um filho bem comportado? O nome importa.


Sofia Serrano

image.jpeg

 

 

Escolher o nome para o filho é das tarefas mais difíceis para os futuros pais. Há quem encontre rapidamente um nome que ambos adoram, mas depois há o significado do nome, a letra porque começa e o possível lugar na escola, a opinião da família e tantos outros factores. Agora surge uma nova variável nesta escolha: foi feito um estudo para perceber quais os nomes mais frequentes nas crianças "bem comportadas" e quais os nomes mais frequentes dos "pestinhas".

 

Um sistema de recompensa chamado School Stickers pediu a cerca de 60.000 crianças para gravarem digitalmente os adesivos que receberam na escola para bom comportamento. Foi depois monitorizado o comportamento das crianças com base num milhão de entradas e, depois de analisar os dados, divulgou uma “lista rebelde” das crianças com maior probabilidade de se comportarem mal.

 

Top 10 das Meninas mal-comportadas

1. Alice

2. Sofia

3. Beatriz

4. Laura

5. Júlia

6. Ágata

7. Gabriela

8. Rafaela

9. Sara

10. Ana

 

Top 10 dos Meninos mal-comportados

1. Vasco

2. Artur

3. Gabriel

4. Bernardo

5. Guilherme

6. Pedro

7. Miguel

8. Gustavo

9. Henrique

10. Rafael

 

Top 10 das Meninas bem-comportadas

1. Bruna

2. Isabel

3. Mariana

4. Juliana

5. Diana

6. Débora

7. Jessica

8. Raquel

9. Joana

10. Érica

 

Top 10 dos Meninos bem-comportados

1. David

2. Nuno

3. Daniel

4. Eduardo

5. Bruno

6. Tiago

7. João

8. Samuel

9. Diogo

10. Hugo

 

 

Confirmam?

Por aqui tenho um Pedro e uma Mariana, e parece-me que ambos têm dias em que são perfeitos anjinhos, e outras alturas deixam-me os cabelos em pé :)

 

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D