Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

01
Mai16

Dia da Mãe


Sofia Serrano

image.jpeg

Um feliz Dia da Mãe!
Ser mãe foi a coisa mais fantástica e ao mesmo tempo mais desafiante que me aconteceu na vida. Cada dia é um novo mistério a resolver, e faz-nos descobrir em nós capacidades que julgávamos inexistentes. Trazê-los a este mundo, alimentá-los, ajudá-los a crescer e a tornarem-se em boas pessoas é o trabalho mais difícil do mundo, mas também o mais maravilhoso.
As mães sabem o que é o amor condicional, e o que é pensar neles sempre em primeiro lugar. As mães sabem o que é acordar a meio da noite para ver se eles estão tapados, e a dormir bem. As mães sabem o que é esconder as lágrimas de emoção nas festas da escola. As mães sabem ao que sabe aquele abraço e aquele beijo doce dos filhos. As mães sabem sempre, mesmo quando ainda não aconteceu.
A todas as super mães, por todo o mundo, que todos os dias dão o seu melhor, um feliz dia - hoje e sempre, porque merecemos.

27
Abr16

#WonderMother


Sofia Serrano

O meu despertador toca sempre primeiro. Há mochilas para preparar - escola, natação, aikido, ballet.Há lanches para organizar. A farda da escola. O pequeno almoço, que deve ter sempre uma boa dose de vitaminas, mas também cálcio e fibras.

Depois é preciso convencê-los que está na hora de levantar e conduzir a dança diária do  come-veste-despacha. Os horários têm de ser cumpridos, senão há trânsito e tudo se atrasa. Deixá-los na escola, seguir para o trabalho. Consultas, ecografias, telefonemas, e-mail.

É preciso que nada falhe. Muita gente depende de um bom trabalho.

O almoço é a correr e muitas vezes é a fruta que de manhã coloco na carteira (os frutos secos e o chocolate preto não podem faltar). Depois é preciso estar à porta da escola na altura certa, levá-los às atividades que adoram, saber o que almoçaram e o que fizeram durante o dia. Ajudar nos TPCs. Atender o telefonema da amiga e da mãe. Ajudar nos banhos, fazer o jantar. Ouvir o marido falar sobre o dia de trabalho. Ler histórias, dar beijos, ver se estão bem tapados.

E cair no sofá, com um copo de vinho tinto, um episódio do Game of Thrones e a melhor companhia que é o pai dos meus filhos. É nesse momento, em que tudo está feito e tranquilo, quando eles dormem serenamente, que me sinto quase uma super mulher. Uma super mãe. Mas sei que cada instante é difícil, tenho muitas dúvidas se estou a fazer as coisas bem, não sei se no dia seguinte vou conseguir dar conta de tudo outra vez. 

Respiro fundo.

E lembro-me que sou a pessoa mais sortuda do mundo por ser mãe daqueles dois miúdos lindos e cheios de energia, que questionam o mundo todos os dias. Que tenho um trabalho que adoro. Que tenho ao meu lado o amor da minha vida, que é o pai dos meus filhos.

Sim, sinto-me uma #WonderMother! E aposto que vocês também!

 

show1.jpg

 

 

 

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D