Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

13
Set17

Sobre a escola nova


Sofia Serrano

Este ano estão juntos na mesma escola. Foi uma mudança para ambos, depois de ponderar muita coisa e por termos muito boas referências da escola nova - e uma filosofia de ensino com a qual nos identificamos enquanto família. 

Mas mudar causa sempre ansiedade - pelo menos nos pais.

Eles? Adoraram desde o primeiro dia.

Ele foi para a sala dos 5 anos, ela para o 4 ano. Já fizeram novos amigos, já conhecem os cantos à casa, ficam lindamente quando os deixo, não querem vir embora quando os vou buscar. No carro, contam como foi o dia, o que fizeram, o que almoçaram.

 

Hoje,  a caminho de casa, diziam-me que estavam felizes na escola nova. E isto diz tudo.

 

Que seja um bom ano para todos!

 

IMG_4519.JPG

 

 

 

 

 

25
Ago17

Preparar o regresso às aulas (tem mesmo de ser!)


Sofia Serrano

Eu sou daquelas que passa todo o ano a sonhar com as férias de verão. Adoro os dias longos, o calor, a roupa leve. Adoro acordar sem despertador, não ter horários para refeições nem para deitar. Gosto que os miúdos possam aproveitar os dias para ir à praia, brincar na rua, conhecer novos sítios e experimentar novas coisas. E é tão bom aproveitarmos os dias em família.

Mas à medida que se aproxima setembro, é preciso encarar a realidade: estamos quase a voltar à escola e ao trabalho! E é preciso preparar o regresso às aulas.

 

Esta altura do ano traz-me um misto de sentimentos: lembro-me sempre de que adorava as férias, mas começava a ficar com saudades da escola! Uma das coisas que mais gostava no regresso às aulas era ir comprar o material novo, de lista em punho.

O cheiro dos cadernos novos, a emoção de escolher lápis de cor novinhos em folha, os livros novos recheados de coisas para aprender (sim, eu era daquelas que ficava entusiasmada com tudo o que estava nas páginas dos novos livros!)...

 

Os miúdos cá de casa são parecidos comigo e já se ouve um "Quando é que começa a escola?" e "Tenho saudades das aulas!".

Este ano vai ter novos desafios, porque vão mudar ambos de escola. Novos amigos, novos professores... Friozinho na barriga para pais e filhos!

 

 

 

 

Fab_or_Fail__3_DIY_Back_to_School_Suppli_0_4457710

 

 

 

10
Jul17

Sobre as notas, classificações escolares e afins


Sofia Serrano

 

escola.jpg

 

 

Hoje foi dia de ir à escola da miúda saber as notas finais de ano. O 3º ano já se foi, venha o 4º!

 

Aqui em casa, a nossa postura é a de que, acima de tudo, os queremos felizes na escola e com interesse para aprender. Claro que os tentamos motivar nas aprendizagens e gostamos que se esforcem.

Mas a escola é mais que Português e Matemática, e acho ótimo cada vez mais darmos mais importância a outras áreas com Educação para a Cidadania, Artes, ginástica e tantas outras. O tempo para brincar, para criar, para conhecer o mundo é tão pouco, em comparação às horas que passam sentados a olhar para o quadro ou para o caderno...

 

A verdade é que os programas são imensamente complexos - há pouco tempo para ensinar, efetivamente, as coisas às crianças. Há pouco tempo para elas perceberem para que serve "aquilo" que estão a aprender. Na altura que nós, pais, aprendemos as reduções, e o dinheiro, íamos com um monte de moedas à mercearia da esquina comprar 500g de feijão verde e tinhamos de fazer contas ao dinheiro que iríamos gastar. E lá percebiamos porque é que andávamos a reduzir quilos para gramas e a fazer contas às moedas. Os nossos filhos vivem num mundo totalmente diferente - e não há tempo, nem na escola, nem na correria do dia-a-dia para pôr em prática estes conhecimentos e para os manter motivados e entusiasmados com coisas como a matemática.

 

 

 

12
Jun17

Sobre a escola destes dias


Sofia Serrano

school-hols_3567463a-large.jpg

 

Ando aqui a tentar perceber porque é que miúdos do 1º ano estão nervosos e ansiosos com testes. Porque é que os 2º ano já aprendem frações (sem maturidade para tal). Porque é que no 3º ano têm uma quantidade de matéria inacreditável de estudo do meio, que aprendem quase sem tempo para respirar (e consolidar conhecimentos).

Porque é que passam a maior parte do dia sentados - e quando se levantam, para ir para casa, ainda levam um monte de TPC, que os obriga a voltar a sentar-se até à hora de jantar, para depois se irem deitar, para no dia seguinte repetirem tudo. Porque é que as aulas de ginástica são poucas e o tempo para brincadeira livre menos ainda. Porque é que não há tempo para conversar, para discutir ideias, para contar histórias, para sair e conhecer o mundo.

 

Ando para aqui a pensar, sem encontrar resposta possível, porque é que tratamos os nossos filhos, no sistema escolar, como empregados de uma fábrica qualquer, em que todos são avaliados da mesma maneira, todos têm de saber fazer as mesmas coisas, todos têm de ter as mesmas competências.

Porque é que os fazemos acreditar que a coisa mais importante na vida é o teste de português ou de matemática, e que se não tiverem a nota mais alta possível, cai o Carmo e a Trindade. Porque é que nós e esta escola lhes criamos ansiedade, preocupação, stress noites sem dormir.

 

 

 

20
Abr17

Dia das profissões na escola do miúdo


Sofia Serrano

18049594_1817931128533962_12722094_o.jpg

 

O mais pequeno está a falar sobre as profissões na escola. Os pais foram convidados a dar a conhecer a sua profissão, e hoje foi a minha vez de lá ir explicar o que era isto de ser médica obstetra.

Ele ajudou-me a preparar a apresentação em casa. Escolhemos umas imagens para explicar a todos os meninos este mundo dos "bebés na barriga" , e ele quis levar uma bola para os amigos perceberem que o pequeno bebé-feijão cresce até um tamanho considerável, mais ainda se forem gémeos! 

Também lhes expliquei que os bebés estavam dentro de "água" (o líquido amniótico) e que "comiam" e "respiravam" pelo cordão umbilical. Depois, brincamos aos médicos obstetras e grávidas :) e todos aprenderam a explicar às futuras mães o que podem comer, a pesá-las e a apontar os números no livro da Grávida.

Experimentaram fazer ecografias e perceberam como nascem os bebés e o que é preciso que o médico faça quando os está a ajudar a nascer.

 

08
Set16

Voltar à escola


Sofia Serrano

Começaram as aulas. Ela estava ansiosa. Ansiosa por rever os amigos e a escola.

Adorou as férias, mas queria tanto voltar para a escola! (O sorriso diz tudo)

 

image.jpeg

 

Comecou o terceiro ano. Com muitos livros, muitas coisas novas para aprender. Com amigos, emoções, descobertas.

Sempre com este sorriso e esta alegria de quem é feliz - é o que eu mais desejo para este ano letivo, e para a vida.

29
Ago16

Sobre os TPF (trabalhos para férias)


Sofia Serrano

14022159_1100463233381651_2875711825788829920_n.jp

 

Depois de um ano inteiro de TPC, e com desejos imensos de um verão de descanso, eis que surge a outra tão temida sigla: os TPF.

Ora estes trabalhos para férias servem para que a miudagem não se esqueça do que aprendeu no ano anterior e chegue a um novo ano letivo fresquinho que nem uma alface e com toda a matéria na ponta da língua.

Não sei bem se isto resulta - possivelmente, porque treinar ajuda, e um livro inteiro de exercícios implica muitas horas de treino (muitas mesmo, dependendo da motivação dos miúdos para ficarem fechados a fazer fichas) - mas a verdade é que os TPF são um clássico de verão.

 

Andando uns bons anos para trás, lembro-me da minha receita para os meses de férias, que era mais ou menos isto:

- 30 cópias

- 30 ditados

- escrever a numeração romana até 500 (ou até 1000)

- fazer a tabuada do 1 ao 10 dez vezes

(e mais qualquer coisa que já não me recordo)

 

Pois, a moda dos livros de férias ainda não estava instituída e lá íamos nós fazendo cópias e ditados dos nossos livros do ano que tinha passado e repetindo a tabuada e a numeração romana até a saber na ponta da língua.

Agora, os romanos deixaram de ter importância mas os TPF continuam.

E os miúdos continuam sem vontade nenhuma de os fazer - e a deixar tudo para a última da hora.

E eu continuo com a sensação que férias são férias, e que esta altura, tal como para os adultos, devia ser de descanso. Sabe bem desligar, descansar, correr ao ar livre e passar o dia na praia - sem obrigações, porque setembro está aí a chegar, e recomeçar fresquinho que nem uma alface é do melhor que há.

 

 

 

 

05
Abr16

Genialmente!


Sofia Serrano

 

image.jpeg

 

Os miúdos passam o dia na escola, e há pouco tempo para a brincadeira, que é essencial para todas as crianças. 

Para dar uma ajudinha na matéria da escola sem sobrecarregar os miúdos com mais horas sentados a fazer fichas e ditados, descobrimos um jogo muito giro: o Genialmente!

São cartões com perguntas e respostas adequadas ao programa em vigor, de acordo com cada ano letivo.

A Mariana anda no segundo ano, e tem-se divertido a tentar responder às perguntas dos cartões, e a pôr à prova toda a família. Adora e é uma maneira gira de estudar a brincar!

 

07
Set14

Socorro!...a minha filha vai para a escola primária!


Sofia Serrano

Dizem que o tempo passa num instante. 
E passa muito mais depressa quando temos filhos (num fósforo!).
Cada vez mais me parece que o que me faz velha não são os cabelos brancos ou as rugas - é saber que já tenho uma filha que vai para a escola primária.

Parece que ainda ontem a tinha pela primeira vez nos braços, com aquele cheirinho bom de bebé e totalmente dependente dos pais, e agora já vai para o 1º ano! 
Na realidade, é um bocadinho assustador, esta coisa de nos apercebemos que eles estão a crescer num instante, que num momento andam de fralda e chucha, e no outro são independentes, sabem perfeitamente o que querem e estão a começar a traçar o seu percurso no mundo. 
Mas é mesmo assim, e o tempo não pára.

Estes últimos dias foram dedicados a comprar e organizar material escolar, identificar e forrar os livros (bolas, que são uma série deles logo no 1º ano!), escolher lancheira e planear os lanches da manhã para o resto da semana. Por aqui não há o stress da escolha da roupa, porque o colégio tem farda e roupa de ginástica.
Ela está ansiosa pelo primeiro dia e já anda há semanas a desejar que o dia de amanhã chegue depressa - quer conhecer e rever amigos, conhecer a nova professora, desfolhar os livros, escrever nos cadernos novos e aprender coisas.
Eu estou um bocadinho nervosa, porque afinal é uma etapa importante na vida dela, e imensamente feliz por ver que está entusiasmada.
Bom ano lectivo para todos!

Lembram-se deste post? Esta é a nossa versão :)






Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.