Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

24
Ago17

Coisas que os pais aprendem quando vão a um parque aquático


Sofia Serrano

hoteis-parque-aquatico-algarve-aquashow.jpg

 

 

Nos anos 90, quando pensava em parques aquáticos, pensava no OndaParque - quem se lembra?


Pensava num dia com uma mochila carregada de sandes, que acabávamos por comer no regresso a casa no autocarro, porque durante o dia não havia tempo.
Pensava em arranjar um sítio bom para as toalhas e nem as ver todo o dia, porque havia escorregas e piscinas e mil e uma coisas para nos entreter - e parar era morrer.
Pensava em creme Nivea - e depois outros - e um escaldão pela certa (porque pôr protector era uma coisa que consumia muito tempo na nossa perspectiva de adolescentes).
Pensava em amigas, namorados, beijos, rádios (daqueles tipo tijolo) com música a tocar alto. Coca-colas e pacotes de batatas fritas.
Pensava num dia em que andávamos repetidamente em todos os escorregas, principalmente nos maiores e mais assustadores, para mostrarmos que éramos os maiores e nada nos fazia medo. Ou simplesmente porque era tão bom, porque nos fazia aumentar a adrenalina, porque nos divertíamos.


E agora, tive de aprender toda uma nova filosofia - porque esta coisa da parentalidade também inclui leva-los nestas aventuras.
E uma visita a um parque aquático ganha toda uma nova dimensão.

 

16
Ago17

Uma das melhores coisas das férias...


Sofia Serrano

...é aquela vontade de voltar a casa e dormir na nossa cama!

 

Estivemos quase três semanas em viagem: saímos do Algarve para Lisboa, voámos para os Açores e depois percorremos Portugal Continental de norte a sul: passámos alguns dias em Lisboa, fomos para Coimbra - levámos os miúdos a conhecer o Portugal dos Pequenitos!- , depois Santa Maria da Feira e a Viagem Medieval.

Passámos por Braga e seguimos para o Gerês, onde vivemos aventuras inesquecíveis. Seguimos para Vila Real e para uma pequena aldeia bem típica de Trás-os-Montes. 

 

Ouvimos o barulho do mar, sentimos as maravilhas da natureza, dormimos, conversámos, rimos. Mergulhámos no mar, em piscinas e no rio. Caminhamos no meio de florestas e escalámos rochas. Vimos incêndios e sentimos o fumo e o medo daquela fúria da natureza poder chegar perto de nós.

Agora voltamos a casa, ao sul - uma pequena pausa antes de mais uns dias junto ao mar, num dos nossos sítios preferidos!

 

A verdade é que é maravilhoso viajar, mas sabe sempre bem voltar a casa! Os miúdos redescobriram o quarto e os brinquedos, e o meu colchão soube ao céu. Recarregamos energias para novas aventuras. E prometo ir contando tudo no blog, com as fotos dos locais que visitámos e as dicas para quem também adora viajar em família!

 

(podem acompanhar-nos no instagram!)

 

DSC_0274.JPG

 

15
Ago17

Férias em família: São Miguel (III)


Sofia Serrano

Porque é que adorámos estar de férias em São Miguel? Por tudo! (podem ver os posts anteriores aqui aqui)

O melhor mesmo é explorar toda a ilha, porque todos os lugares nos surpreendem pela beleza natural. Lagoas, furnas, piscinas naturais, paisagens maravilhosas. A simpatia dos açorianos, o peixe e marisco fresco!

 

Mais lugares imperdíveis:

 

LAGOA DAS SETE CIDADES

 

As famosas lagoas azul e verde, que conta a lenda, são lágrimas de um amor impossível - uma princesa e um pastor, de olhos azuis e verdes - são um dos cartões de visita da ilha. Um dos sítios mais bonitos para ver a Lagoa é a Vista do Rei - mas está geralmente sobrelotada, o que tira um pouco a magia do lugar. Procuramos miradouros alternativos e descemos à ponte que separa as duas lagoas - e onde percebemos que são as algas que dão cor à agua.

 

DSC_0429.JPG

DSC_0456.JPG

 

 

12
Ago17

Aqui não há rede


Sofia Serrano

DSC_0657.JPG

 

 

Depois de São Miguel, passámos uns dias por Lisboa e rumámos a Norte.

Estivemos na Viagem Medieval em Santa Maria da Feira e o plano seguinte era seguirmos para o Gerês.

Estamos numa casa de pedra no meio da serra, numa aldeia linda.

Aqui, acorda-se com o galo e adormece-se com o canto das cigarras e um maravilhoso céu carregado de estrelas.

Quase não há rede e não temos wi-fi.

Há amoras e gatos, caminhos desconhecidos para percorrer e muito ar puro. Não há horários.

Estamos no Gerês.

E vamos aproveitar esta maravilhosa liberdade que o slow living nos dá.

 

 

06
Ago17

Foi aqui que estivemos


Sofia Serrano

DSC_0206.JPG

 

E foi simplesmente maravilhoso! Tanto que voltamos com a sensação que nos deviamos mudar para lá, para uma vida mais perto da natureza, mais autêntica. Com mar, e verde, e a simpatia dos açorianos. Fomos muito, muito felizes nestes dias em São Miguel - e vêm aí os posts com as nossas aventuras, as dicas, os sítios imperdíveis.

 

 

28
Jul17

Desafio: férias offline


Sofia Serrano

Hoje começamos oficialmente as férias!

(e estávamos mesmo, mesmo a precisar!)

 

Não sei se sentem o mesmo, mas esta coisa de vir ao facebook, navegar na internet, ligar o instagram, faz com que o tempo passe ainda mais rápido e distrai-nos das coisas realmente importantes: aquelas que estão mesmo perto de nós, como a nossa família, um belo pôr-do-sol na praia, uma bebida fresquinha, um mergulho no mar.

Por isso, lanço-vos o desafio: que tal ficarmos offline nestas férias? Que tal aproveitarmos verdadeiramente as férias?

 

O meu plano é esse. Desligar da rede por uns tempos, viajar, viver.

Depois prometo que, quando voltar, venho contar tudo sobre as nossas aventuras, sobre hotéis que valem a pena, passeios inesquecíveis, restaurantes onde apetece ficar e voltar.

Quando voltar, espero estar de baterias carregadas e com muita inspiração. Espero estar de coração cheio, espero ter passado o tempo feliz, com as pessoas que mais amo.

 

Vamos de férias!!!!!!!!!!

 

1439027036998.jpg

 

10
Out16

Improvisos de outono


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2016-10-10, às 11.19.50.png

 

 Uma promessa de uns dias de calor (possívelmente os últimos antes da chegada do frio!), uma promoção de última hora pela internet e muita vontade de aproveitar as coisas boas que a vida nos dá :

a receita para um fim de semana improvisado, com mar, sol e piscina!

 

Não, não foi preciso irmos para nenhum paraíso tropical. O algarve tem um tempo fantástico em outubro e praias e piscinas que sabem a um resort nas caraíbas ;)

Já tinhamos estado neste hotel (podem ver aqui mais em pormenor) e mais uma vez gostamos muito da simpatia do staff e da piscina exterior aquecida - eles passaram os dias dentro de água!

Desta vez também experimentamos a piscina interior, no SPA, que passou a estar aberto para as crianças.

Nota 20 para os batidos de frutas no bar da piscina!

 

DSC_0358.JPGDSC_0359.JPG

 

 

22
Ago16

Na tranquilidade do Alentejo


Sofia Serrano

Aqui não há rede. Nem wi-fi.

Aqui, no meio do verde, perto de Marvão, respira-se. O ar é puro, o barulho de fundo é o silêncio do campo, ou os grilos e as cigarras. Mas também os risos dos miúdos, que descobriram uma nova liberdade, aquele em que se pode subir às árvores, saltar muros, apanhar fruta e mergulhar na água gelada do tanque. Ou fazer um novo amigo de quatro patas.

 

DSC_0263_Fotor.jpgDSC_0270_Fotor.jpg

 

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

capa_formato_real-04.jpg

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.