Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

17
Jan18

Expectativas de irmão mais velho


Sofia Serrano

33weeksboy5-300x300.jpg

 

 

Levar o futuro irmão mais velho a uma ecografia de gravidez da mãe pode ser uma verdadeira aventura.

Muitos pais vão cheios de entusiasmo por mostrar ao filho as imagens do irmão que ainda está na barriga. Planeiam filmar a reação e vão entusiasmados com a emoção desse primeiro encontro.

 

A realidade, na maioria das vezes, passa bem ao lado do planeado: os miúdos pequenos muitas vezes acham mais piada ao ecógrafo e aos mil botões com luzes do que à imagem preta e branca no ecrã - e mostram muito pouco interesse pela imagem que os pais lhe dizem ser "o mano".

Alguns assustam-se com o som do batimento cardíaco do bebé, outros é a única coisa que acham piada - e passam o resto do exame a pedir para repetir aquele som de um galope de cavalo a alta velocidade.

Os que têm interesse na imagem fazem muitas vezes uma interpretação - tipo arte abstrata - e às tantas já estão ali a ver um piano ou os dentes do lobo mau.

 

 

 

16
Jan18

Confissões de uma médica #19: as prioridades dos médicos


Sofia Serrano

stethescope.jpg

 

 

Quando fazemos o juramento de Hipócrates, declaramos  "A saúde do meu doente será a minha primeira preocupação". Juramos com emoção neste momento que marca o início do nosso percurso como médicos, e acreditamos que nada nos vai fazer desviar deste caminho.

Mas a medicina não é nada linear e muito menos o trabalho dos médicos.

 

Todos os dias, lutamos para que a marcante frase seja verdade, tentando contornar escassos recursos nos hospitais, falta de pessoal, falhas nos programas informáticos, exaustão.

 

Tentamos que esta frase seja verdade mesmo quando nos exigem que realizemos consultas em 5 minutos.

 

Tentamos que seja verdade quando não paramos para almoçar para evitar que o tempo de espera aumente - e já nem o croquete ou a empada nos mata a fome num intervalo às quatro da tarde, porque o governo achou prioritário proibir a venda deste tipo de alimentos no serviço nacional de saúde, ao invés de promover a venda de alimentos saudaveis ou mesmo - na loucura! - de contratar mais pessoal para conseguirmos manter o SNS a funcionar e conseguirmos todos ter tempo para uma refeição saudável e completa a horas decentes.

 

 

 

 

05
Jan18

Planos para amanhã


Sofia Serrano

images.jpeg

 

Dizem que vem aí (ainda) pior tempo.

Que é como quem diz frio, chuva, vento, neve, granizo e todas essas coisas que nos transformam em seres enroscados em mantas, a viver em sofás, entre aquecedores e lareira, a devorar séries de televisão - para quem tem filhos o cenário não será assim tão romântico, como se sabe, mas passa por manter entretidos os miúdos dentro de 4 paredes e simultaneamente manter a sanidade mental.

E tudo isto inclui bolo Rei, porque afinal de contas amanhã é dia de Reis e há tradições a respeitar - e eu confesso que faço parte do pequeno grupo de pessoas que adora bolo Rei e frutas cristalizadas (cá em casa sou eu e a Mariana!).

Posto isto, e aproximando-se o final de sexta-feira, seria um destes cenários idealizados para sábado.

 

Só que não.

 

03
Jan18

O terceiro filho


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-01-03, às 12.25.04.png

 

 

Acho que desde que começamos a pensar numa família, falámos em ter 3 filhos.  Nunca falámos em especificamente querer meninos ou meninas, mas o número 3 estava presente.

 

A Mariana foi a primeira, e veio mudar completamente as nossas vidas. Ensinou-nos o que é isto da parentalidade. Mostrou-nos que passou a existir sempre alguém mais importante que nós próprios, e que o nosso coração passou a viver fora do peito. Mostrou-nos as conquistas do crescimento, as angústias das doenças, o amor incondicional. As noites sem dormir. As dificuldades que é cuidar de um recém-nascido, de um bebé, de uma criança, de uma pré-adolescente. Veio desbravar caminho e ensinar-nos tanto. Percebemos que sermos pais não é nada fácil, mas ao mesmo tempo extraordinariamente bom.  Mudou-nos a perspetiva de vida e o modo como vivemos cada dia. Tivemos de nos reajustar para passarmos de dois a uma família de três.

 

 

18
Dez17

This is Us


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2017-12-18, às 22.19.53.png

 

 

 

Esta semana passou a voar. Acabou o 1º período. Chorei nas festas de Natal dos miúdos, e ao mesmo tempo ri de alegria.

Comprámos uma casa para remodelar! (isto vai ser uma espécie de "My Dream Home", porque temos muitas ideias, mas vamos ser nós a arregaçar as mangas!)

Fugimos para Lisboa e fomos ao Xmas In the Night, da Radio Comercial - um Altice Arena com 14.000 pessoas!

Adorámos o "Mais Respeito que sou tua mãe!" no Teatro Villaret - e recomendamos vivamente a quem quer passar um par de horas a rir!

Levámos os miúdos à Kidzania, e hoje já queriam voltar.

Está frio e já fiz as compras de Natal - todas, de uma só vez.

Ainda há dias de trabalho pela frente mas não tarda nada está aí a Consoada. E o ano novo. A vida não para e a Terra parece que gira cada vez mais rápido.

 

E passo os dias a imaginar pormenores de decoração da casa nova, mas sei que primeiro vai ser preciso mandar paredes abaixo e refazer muita coisa - mas não é mesmo assim a vida? Ganhar perspetiva, mudar o que não está certo e fazer como gostamos.

 

This is Us.

E estamos pelo intagram, aqui.

 

11
Dez17

Sobre a vida por aqui


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2017-12-11, às 10.39.30.png

 

Factos sobre o fim de semana prolongado por aqui: estive um dia inteiro de de cama com uma constipação daquelas, consegui acabar de escrever o novo livro, fizemos uma árvore de natal para o Pedro levar para a escola com material reciclado, eles treinaram as peças de teatro das festas de Natal que são esta semana, bebi chocolate quente, melhorei, tratei da roupa e arrumei mil vezes brinquedos espalhados, o pai ficou de cama com a minha constipação, li-lhes o livro "A Rapariga que Salvou o Natal" (ainda não acabámos!), encomendamos comida por que não me apetecia cozinhar, preparámo-nos para a passagem da tempestade  Ana mas ninguém deu por ela (temos sono pesado!) e de repente já era segunda outra vez. E daqui a nada é Natal :)

 

 

 

20
Nov17

Está aberta a época Natalícia!


Sofia Serrano

Está a chegar aquela altura do ano: da magia,da partilha, dos amigos e família.

E claro, das brincadeiras, dos doces, dos jogos, das gargalhadas!

A festa de Natal da Lego já se tornou numa tradição, onde reencontramos amigos, provamos as delícias do Natal e acima de tudo, bricamos com os intemporais Legos!

E o hotel Fortaleza do Guincho tem a magia certa para entramos no espírito da época:

 

LEGO Natal (7)_preview.jpeg

LEGO Natal (216)_preview.jpeg

 

 

13
Nov17

Coisas que se passam cá em casa às 6 da manhã!


Sofia Serrano

Acordo em sobressalto com um "Mãaaaaeeeeeee!".

(aquele momento que dispara uma mola no nosso corpo e nos faz abandonar em milionésimos de segundos o quentinho da cama e correr em direção ao quarto dos miúdos)

A M. dormia tranquilamente. Era o mais pequeno.

- Está tudo bem? - pergunto eu, ainda a tentar manter pelo menos um olho aberto - Ainda não tocou o despertador, podes dormir mais um bocadinho!

- Mas mãe! Lembrei-me agora que a escultura com castanhas que fizemos ontem para a escola não se pode chamar "A lagarta e a sua casa". Eu fiz-lhe patas! É a formiga! Enganei-me! Podemos corrigir?

- Claro! Quando acordamos já te ajudo a tratar disso. Agora dorme.

(lá me deitei ao pé dele na esperança de que voltasse a dormir. Mas ele dava voltas e mais voltas na cama)

- Mãe?

- Sim?

- Sabes, não estou a conseguir dormir porque não tenho a certeza quanto é 14+14.

- O quê?

- Sim! 14+14! é 18? Ou 28? Não tenho a certeza!

- É 28, mas tu só tens 5 anos, ainda não precisas saber essas contas todas. Podes dormir!!! (e eu também podia se tu dormisses!)

- Ok, ok. Mas 400 + 400 é 800, não é mãe??????

 

(socorro! tenho um matemático às 6:00 da manhã)

 

fd0ab2d7f090bbb5eee897aa10511dd8.jpg

 

Bem-vindos!

Olá! Sou a M. Sofia Serrano S., Ginecologista-Obstetra, mãe de dois miúdos maravilhosos, apaixonada por escrita. Adoro café, canela e chocolate e aproveitar as coisas boas da vida! Neste blog partilho as nossas aventuras em família, os desafios de ser mãe, dicas para as grávidas e tudo o que é fundamental saber sobre a saúde da mulher. Também conto algumas das aventuras dos hospitais e partilho um bocadinho deste mundo da medicina. Fiquem por aqui!

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

Comprar

Contactos

msofiaserrano@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.