Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Presentes Solidários - e um passatempo!

30.11.16 | Sofia Serrano

Missão Continente.jpg

 

A Missão Continente diz-me muito: foi graças a ela que conseguimos equipar o hospital onde trabalhava, de forma a podermos prestar o melhor cuidado a grávidas e bebés. 

 

Este ano, a Missão Continente lança presentes solidários de apoio a centros de saúde: uma manta e uma lata de bolachas, à venda nas lojas Continente. Por cada produto vendido, a Missão Continente doa 1 euro aos projetos de apoio à saúde familiar, nos centros de saúde em Portugal.

Podem juntar-se a esta causa também através de uma chamada para o 760 10 10 10 - o custo da chamada é de 0,60€ (+ IVA), dos quais 0,50€ revertem para o apoio aos centros de saúde.

O montante resultante da venda dos produtos e da linha apoio será atribuído aos projetos vencedores do Concurso Missão Continente, dirigido a Centros de Saúde, que integram o Serviço Nacional de Saúde. Até 31 de dezembro decorre a fase de votação pública dos projetos. Para votar é aqui.

 

E porque é Natal, o Continente, em parceria com o blog Café, Canela & Chocolate tem um PASSATEMPO com presentes para vos oferecer! Podem ganhar :

- 3 kits Missão Continente (cada kit é composto por uma caixa de bolachas e por uma manta)

+

- 3 prémios de 10% de Desconto em Cartão Continente

 

Para se habilitarem a estes prémios têm de:

- fazer "gosto" no facebook do Blog café, Canela & Chocolate, aqui

- fazer "gosto" no facebook do Continente, aqui

- partilhar este post no facebook (partilha pública), deixando em comentário o nome de 3 amigos (tag)

 

Os 3 vencedores serão escolhidos pelo random.org de entre todas as participações que cumpram os passos anteriores.

Podem participar entre 30 de novembro e 4 de dezembro, e os 3 vencedores serão anunciados a partir de dia 5.

 

 

 

 

Está na altura de convocar os super heróis

29.11.16 | Sofia Serrano

_DSC9116.jpg

 Foto Pau Storch

 

Porque é que eu não gosto do inverno? Porque para além do frio, da chuva, do vento e dos dias pequenos (que me deixam deprimida), começam aquelas doenças dos miúdos, desde ranhos e tosses a viroses e gastrenterites, que deixam crianças em baixo e pais com olheiras.
A solução?
Mudarmo-nos para um pais tropical (talvez o Brasil?)
Ou então espantar toda esta bicharada com muita fruta e o máximo de tempo possível de brincadeiras ao ar livre.
E em caso de emergência, libertar o super-herói que vive em cada um de nós!
(resmungos de uma mãe que já levou com duas viroses desde o fim de semana e espera ansiosamente pelo regresso do verão!)

 

 

 

Os melhores presentes de Natal #2

28.11.16 | Sofia Serrano

Uma das coisas que as crianças têm é imaginação. E criatividade. 

Brincar ao faz de conta é das melhores coisas da infância - e miúdos que brincam são miúdos felizes.

Por isso, neste segundo post com sugestões de presentes de Natal deixo-vos uma excelente ideia: que tal oferecer-lhes disfarces dos seus personagens preferidos?

E uma sugestão: as fantasias Funidelia!

 

IMG_8460.PNG

Aqui por casa descobriram o Star Wars  e passam o tempo a ver e rever os filmes, para depois fingirem que são as personagens que admiram!

 

Eu confesso que estou ansiosa pelo novo filme, o "Rogue One: Uma História de Star Wars" , que decorre antes dos eventos de "Star Wars: Uma Nova Esperança" e conta a história de uns heróis improváveis que se unem para roubar os planos da temida Estrela da Morte.

Na Funidelia encontram muitos fatos Star Wars das personagens preferidas dos miúdos - e se os vossos filhos também gostam do Star Wars, então só é preciso escolher o lado da força onde querem estar 😉

Aqui por casa temos de tudo: a Mariana quer sempre ser a princesa (como não podia deixar de ser!) que luta contra o Imperador para restaurar a paz na galáxia, e o Pedro adora uma das minhas personagens preferidas, principalmente porque tem o sabre de luz "mais fixe" (segundo ele!).

 

IMG_8454.JPG

A Mariana é a Princesa Leia! 

 

IMG_8455.JPG

 O Pedro é o Kylo Ren!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tosse convulsa - como proteger os nossos bebés?

25.11.16 | Sofia Serrano

IMG_8463.JPG

 

A tosse convulsa é uma doença causada por uma bactéria, que afeta o sistema respiratório. 

 

A vacinação para a tosse convulsa existe desde 1965 no plano nacional de vacinação. No entanto, por razões várias , o número de casos de tosse convulsa tem aumentado nos últimos anos, em particular em bebés até aos dois meses, já que só a partir dessa idade é que se inicia a vacinação dos mesmos.

Os bebés precisam mais frequentemente de internamento em cuidados intensivos, e têm mais frequentemente complicações graves.

Assim, têm-se tentando encontrar maneiras de proteger estes bebés pequenos, que ainda não foram imunizados.

 

A melhor estratégia parece ser a vacinação da grávida, que se baseia na passagem transplacentária de anticorpos da mãe para o filho, conferindo-lhe proteção passiva até ao início da vacinação, aos 2 meses de vida.

 

A vacinação deve efetuar-se na altura da gravidez em que a passagem de anticorpos é mais eficaz, o que acontece entre as 20 e as 36 semanas, mas principalmente entre as 20 semanas e as 32 semanas de gravidez.

A vacinação anterior à gravidez ou a vacinação em gravidez anterior não cumpre este requisito, sendo necessário repetir a vacinação em cada gravidez.

 

RECOMENDAÇÃO:

- Recomenda-se a vacinação durante a gravidez com uma dose de vacina combinada contra a tosse convulsa, o tétano, e a difteria, em doses reduzidas (Tdpa), entre as 20 e as 36 semanas de gestação, idealmente até às 32 semanas;

- A vacinação deve ocorrer após a ecografia morfológica (recomendada entre as 20 e as 22 semanas + 6 dias).

 

Dica: se estão grávidas, falem sobre este assunto com o vosso médico assistente. Só a partir de 2017 a vacina será dada gratuitamente à grávida, mas atualmente pode ser comprada com prescrição médica e administrada no Centro de Saúde.

 

A recomendação é da DGS e pode ser integralmente consultada aqui.

 

 

 

Diz que vem aí a black friday

24.11.16 | Sofia Serrano

black-friday-cyber-monday-2015-3d-printer-deals8.j

 

 

O ano passado, nessa tal sexta feira, ao chegar ao shopping, dei por mim a pensar que possivelmente haveria um concerto do Tony Carreira por ali e que ninguém me tinha avisado, tal era o caos no estacionamento. Depois, ao ver filas nas lojas que chegavam à porta, decidi que não era, definitivamente um bom dia para compras.

Este ano não me enganam outra vez.

Black friday é dia de compras on-line: os mesmos descontos, sem filas nem complicações.

Ah, e mais, por exemplo, no Continente há descontos exclusivos para a loja on line! A aproveitar ;)

 

Black-Weekend-Teaser_Continente.jpg

 

 

Os melhores presentes de Natal #1

23.11.16 | Sofia Serrano

Desde pequenina que guardo na memória dias e dias a jogar ao Sabichão! Era quase magia, aquele tipo de barbas que adivinhava as respostas!

E eis que ele voltou! E muitos outros jogos da Majora, que nos têm acompanhado ao longo de várias gerações.

Por isso, deixo aqui o primeiro post com sugestões de presentes de Natal especialmente para os mais pequenos, com os jogos da nossa infância, com uma espécie de upgrade :)

 

Captura de ecrã 2016-11-23, às 20.10.31.png

 

1- O Sabichão

2 - As profissões

3- Os animais e a sua alimentação

4- O jogo da Glória

 

 

Já cheira a Natal...

23.11.16 | Sofia Serrano

 

A miúda cá de casa é fã incondicional de música pop, e diz que quer ser cantora - por isso, este novo vídeo da Popota toca em modo non-stop aqui por casa desde que o descobriram!

 

"Mãe, se a Popota já participa em concursos de música, eu também posso! E um canal de youtube, posso ter?" ;)

 

(como é que eles crescem tãaaaaaooooo rápido? socorro!)

 

 

 

Desta é que foi

22.11.16 | Sofia Serrano

IMG_8445.JPG

 

Andava embrenhada no sonho de que nos tínhamos tornado num país tropical. Que esta coisa do frio, do vento e da chuva não nos atingiria - afinal, novembro foi um mês com muitos dias de 20 graus.

Hoje caí na real, quando saí de casa de camisa e um casaco leve e apanhei com um vento gelado de 12 graus.

Mesmo atrasada, voltei para ir buscar aquele casaco quentinho que pensei que só valia a pena usar se planeasse uma viagem à neve.

Valha-nos o edredon, o sofá e o café bem quentinho - e que chegue rápido o verão!

 

 

Passatempo "Cinderela no Gelo"

22.11.16 | Sofia Serrano

IMG_8444.JPG

 

O Natal está a chegar. Já há luzes na Natal a brilhar nas ruas, planeiam-se as festas em família, escrevem-se cartas ao velhote de barbas brancas, na esperança que ele nos traga o que mais desejamos.

E começaram, claro, os espetáculos de Natal. 

Este ano, está na nossa agenda de eventos imperdíveis o "Cinderela no Gelo", apresentado pelo Alegro Alfragide. A história da menina que perde o sapatinho de cristal é uma das preferidas cá de casa, e estamos com muita curiosidade em ver este musical no gelo, que tem como lema "Sonhar é Acreditar!".

 

Mas não é tudo. Para que vocês possam viver também um pouco desta magia de Natal, o Café, Canela &o Chocolate, em parceria com o Alegro Alfragide, tem para oferecer a uma família leitora do blog um pack família, válido para 4 pessoas, para ver o espetáculo no dia 26 de Novembro, às 15:00.  

Viva o Natal!

 

Para se habilitarem a este prémio têm de:

- fazer "gosto" no facebook do Alegro Alfragide

- partilhar este post no facebook (partilha pública) e deixar em comentário o nome de 3 amigos

 

 

O vencedor será escolhido através do random.org de entre todas as participações válidas e anunciado no dia 25 de Novembro, aqui no blog.

- O Pack Família 4 deverá ser levantado na bilheteira da tenda, mediante a apresentação do documento de identificação até 1 hora antes do espetáculo.

 

Boa sorte - e se forem ver o Cinderela no Gelo este fim de semana, muito provavelmente encontramo-nos !

 

Prematuros - o desafio de nascer antes de tempo

17.11.16 | Sofia Serrano

 

IMG_8361.JPG

 

Apesar de todos os esforços e melhorias nos cuidados de saúde, a prematuridade não tem diminuído nos últimos anos. Ser prematuro significa chegar antes de tempo, e é uma situação complicada para todos os envolvidos. Um desafio constante, para todos.

 

Para o bebé, que chegou cedo demais e ainda não está preparado para as agressões deste mundo. É preciso ficar numa incubadora, estar ligado a tubos e diversos aparelhos que tentam fazê-lo crescer o melhor possível. É preciso lutar todos os dias para conseguir respirar, para conseguir alimentar-se, para sobreviver fora do ambiente protetor e confortável que tinha na barriga da mãe.

 

Para os pais, que esperavam um bebé de termo, que fosse com eles para casa. Têm de enfrentar a angústia diária de ver o seu bebé com tubos, de não o poder ter sempre no colo, de não o conseguirem proteger deste mundo para o qual ainda não está preparado. A angústia do oxigénio, das gramas, de aprender a engolir. De o ver ser submetido a um sem fim de exames. A angústia de ter de ir para casa no final do dia, sem o seu bebé.

 

Para os profissionais de saúde, que trabalham com os pais e com os bebés.

Os obstetras, que têm o papel de ajudar estes bebés que precisam de nascer mais cedo a chegarem a este mundo da melhor forma possível. Que tentam sempre que os bebés cresçam o máximo tempo possível na barrigas das mães e que têm de decidir quando é mais seguro fazê-los nascer, sabendo dos riscos que isso implica (tão difícil, esta decisão)

Os neonatologistas e enfermeiros, que cuidam destes pequenos bebés, muitas vezes com apenas algumas centenas de gramas, de forma quase mágica. Que passam os dias  ao lado deles, atentos a todos os pormenores. Que nunca desistem. Que confortam bebés e pais. Que comemoram cada vitória como se fossem da família.

 

Sim, todos são grandes lutadores. É essa capacidade que está intimamente ligada à prematuridade, e que permite apreender a saborear cada conquista diária como uma grande vitória.

 

 

 

 

 

Coisas que se passam dentro da barriga da mãe

16.11.16 | Sofia Serrano

b3a021ee60dcafa1ad65e6ce3fe13604.jpg

 

Dia de ecografias obstétricas.

Entra uma grávida com o marido e uma filha pequena. Ela, com a curiosidade típica de quem tem 4 anos, começa logo por dizer que vem ver o mano.

Aproxima-se do ecógrafo e de mim, e fica muito atenta ao ecrã a preto e branco.

Quando vê uma bolinha, grita logo muito alto:

 

- A cabeça, estou a ver a cabeça do mano!!!!

 

Digo-lhe que é muito boa em ecografia, e mostro-lhe melhor a cabeça do bebé.

Ela fica contente, muito orgulhosa (porque o pai diz que não está a perceber nada!) e avança sem medos para o resto do exame.

 

- Os dentes! Estão ali os dentes! Tão GRANDES!

 

Lá lhe explico que aquela imagem que parece uma fileira de dentes é, afinal, a coluna vertebral.

Fica contente porque afinal o mano não se parece com o lobo mau. E não desanima.

 

- A mão! Estou a ver! Consigo ver a mão do mano!

 

Numa certa altura, estou a avaliar o cordão umbilical com o doppler, e há cores no ecrã.

Ela não percebe bem o que se passa e lá lhe explico que é o cordão umbilical, e que é por ali que o bebé se alimenta.

Fica pensativa.

 

- O cordão está SEMPRE a levar comida? E a mãe já me disse que ele está dentro de água!

Afinal a vida dele é só NADAR e COMER?

Quando é EU que posso voltar para a barriga da mãe?

 

 

 

 

 

Pág. 1/2