Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Sobre os programas que fazem a diferença.

24.01.18 | Sofia Serrano

 

IMG_9197.JPG

 

 

Esqueçam os reality shows com crianças e mudem para a RTP 1.

É aqui que passa o programa que não podem mesmo deixar de ver.

Que nas últimas semanas me marcou, me alertou e mudou a minha maneira de ver muitas coisas no nosso dia a dia : 2077, 10 segundos para o futuro (tambem podem ver aqui). Simplesmente genial. 

Um conjunto de 4 documentários, extremamente bem pensados e executados. Em cada episódio, partimos do futuro, 60 anos à frente desta nossa época.

Há testemunhos imaginários de como será a vida nessa altura, mas há também opiniões de grandes futuristas e cientistas internacionais sobre as grandes inovações e desafios que a humanidade tem pela frente.

 

 

 

 

Expectativas de irmão mais velho

17.01.18 | Sofia Serrano

33weeksboy5-300x300.jpg

 

 

Levar o futuro irmão mais velho a uma ecografia de gravidez da mãe pode ser uma verdadeira aventura.

Muitos pais vão cheios de entusiasmo por mostrar ao filho as imagens do irmão que ainda está na barriga. Planeiam filmar a reação e vão entusiasmados com a emoção desse primeiro encontro.

 

A realidade, na maioria das vezes, passa bem ao lado do planeado: os miúdos pequenos muitas vezes acham mais piada ao ecógrafo e aos mil botões com luzes do que à imagem preta e branca no ecrã - e mostram muito pouco interesse pela imagem que os pais lhe dizem ser "o mano".

Alguns assustam-se com o som do batimento cardíaco do bebé, outros é a única coisa que acham piada - e passam o resto do exame a pedir para repetir aquele som de um galope de cavalo a alta velocidade.

Os que têm interesse na imagem fazem muitas vezes uma interpretação - tipo arte abstrata - e às tantas já estão ali a ver um piano ou os dentes do lobo mau.

 

 

 

Confissões de uma médica #19: as prioridades dos médicos

16.01.18 | Sofia Serrano

stethescope.jpg

 

 

Quando fazemos o juramento de Hipócrates, declaramos  "A saúde do meu doente será a minha primeira preocupação". Juramos com emoção neste momento que marca o início do nosso percurso como médicos, e acreditamos que nada nos vai fazer desviar deste caminho.

Mas a medicina não é nada linear e muito menos o trabalho dos médicos.

 

Todos os dias, lutamos para que a marcante frase seja verdade, tentando contornar escassos recursos nos hospitais, falta de pessoal, falhas nos programas informáticos, exaustão.

 

Tentamos que esta frase seja verdade mesmo quando nos exigem que realizemos consultas em 5 minutos.

 

Tentamos que seja verdade quando não paramos para almoçar para evitar que o tempo de espera aumente - e já nem o croquete ou a empada nos mata a fome num intervalo às quatro da tarde, porque o governo achou prioritário proibir a venda deste tipo de alimentos no serviço nacional de saúde, ao invés de promover a venda de alimentos saudaveis ou mesmo - na loucura! - de contratar mais pessoal para conseguirmos manter o SNS a funcionar e conseguirmos todos ter tempo para uma refeição saudável e completa a horas decentes.

 

 

 

 

Chegou a gripe

11.01.18 | Sofia Serrano

Dizem que é o Influenza A (H3). Ou pode ser outro virus ligeiramente diferente. O facto é que a gripe anda aí em força, e parece que este ano há um número particularmente elevado de casos.

Claro que o frio que se tem feito sentir nas últimas semanas não ajuda. E já sabemos que as nossas casas não estão particularmente preparadas para dias frios. É muito importante mantermos um ambiente quente e confortável, e agasalharmo-nos bem em ambientes frios.

Quando surgem sintomas de gripe, devemos ficar em casa - a gripe é bastante contagiosa, e nem um aperto de mão ou um beijo são boas ideias se temos os sintomas característicos: tosse, febre alta, dores musculares.

Por aqui, já estamos de molho.

 

Captura de ecrã 2018-01-11, às 14.30.41.png

 

Dizem que é o segredo para uma pele sem rugas

10.01.18 | Sofia Serrano

skin-care2.jpg

 

 

Todos os dias somos bombardeadas com uma variedade infindável de cremes anti-rugas. Uns prometem ser melhores que a cirurgia plástica, outros são como o laser (ou dizem ser!), uns fazem uma regeneração da pele, outros preenchem as rugas. Uns têm tecnologia de ponta, outros tecnicas tradicionais.

Não sei se estou numa fase qualquer de subidas e descidas súbitas de hormonas, mas parece-me que quanto mais cremes uso, pior correm as coisas na minha cara - há meses que parece que voltei à adolescência! E quanto às rugas, elas aparecem na mesma.

E cheguei a um ponto que me parece que a culpa será de alguns dos cremes que uso - por isso, ando em busca de outra estratégia para a pele perfeita.

As vitaminas ajudam e uma boa hidratação também, sem dúvida.

Mas ontem, enquanto fazia consultas de Ginecologia, contaram-me a solução para este problema.

 

Foram à minha consulta uma senhora de 89 anos e a sua filha de 65. E a mãe tinha uma pele incomparavelmente mais lisa e bonita do que a filha! A própria filha, no meio da consulta, comentou que a mãe parecia mais nova que ela, que apesar de tentar todo o tipo de cremes, tinha muitas rugas e profundas.

 

Os Globos de Ouro vestidos de preto

08.01.18 | Sofia Serrano

Já se sabe que os Globos de Ouro são uma espécie de ensaio para os Óscars.

Este ano foram mais do que isso: foram palco do movimento #MeToo, onde se falou da desigualdade de género, de assédio sexual e dos escandalos que envolvem Hollywood desde outubro passado.

E podíamos comentar os vestidos de todas as maravilhosas mulheres que por lá passaram, mas a verdade é que em comum tinham todas a cor preta - num movimento de solidariedade com as vítimas de assédio sexual, o que as torna a todas nas mais bem vestidas da noite, na minha opinião.

Mas foi a Oprah que pôs a sala de pé com um poderoso discurso sobre a força das mulheres - que podem ver aqui.

 

lead_large.jpg

 

Quanto aos vencedores, a extraordinária "The Handmaid´s Tale" ganhou o prémio de melhor série e a Elisabeth Moss o de melhor atriz - uma série que está fantasticamente bem feita, com um desempenho inigualável desta grande atriz.

Sterling Brown venceu o prémio de melhor ator, também de uma das minhas séries preferidas, o "This is Us".

Deixo-vos a lista de premiados: 

 

 

 

 

Planos para amanhã

05.01.18 | Sofia Serrano

images.jpeg

 

Dizem que vem aí (ainda) pior tempo.

Que é como quem diz frio, chuva, vento, neve, granizo e todas essas coisas que nos transformam em seres enroscados em mantas, a viver em sofás, entre aquecedores e lareira, a devorar séries de televisão - para quem tem filhos o cenário não será assim tão romântico, como se sabe, mas passa por manter entretidos os miúdos dentro de 4 paredes e simultaneamente manter a sanidade mental.

E tudo isto inclui bolo Rei, porque afinal de contas amanhã é dia de Reis e há tradições a respeitar - e eu confesso que faço parte do pequeno grupo de pessoas que adora bolo Rei e frutas cristalizadas (cá em casa sou eu e a Mariana!).

Posto isto, e aproximando-se o final de sexta-feira, seria um destes cenários idealizados para sábado.

 

Só que não.

 

Sobre a casa nova

04.01.18 | Sofia Serrano

DSC_0258.jpg

 

Tem só um piso e vai precisar de obras. Mas já tem uma boa energia, árvores de fruto e avista-se o mar!

Estamos na fase de projeto, a acertar tudo o que queremos mudar.

Mas eles já andam de bicicleta e patins por lá, e comem tangerinas da árvore - e só isso é tão bom!

Eu respiro fundo e penso nas coisas boas que a vida nos tem dado - temos muito para agradecer. E peço saúde para todos, para podermos levar avante os nossos projetos, os nossos sonhos.

 

 

O terceiro filho

03.01.18 | Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-01-03, às 12.25.04.png

 

 

Acho que desde que começamos a pensar numa família, falámos em ter 3 filhos.  Nunca falámos em especificamente querer meninos ou meninas, mas o número 3 estava presente.

 

A Mariana foi a primeira, e veio mudar completamente as nossas vidas. Ensinou-nos o que é isto da parentalidade. Mostrou-nos que passou a existir sempre alguém mais importante que nós próprios, e que o nosso coração passou a viver fora do peito. Mostrou-nos as conquistas do crescimento, as angústias das doenças, o amor incondicional. As noites sem dormir. As dificuldades que é cuidar de um recém-nascido, de um bebé, de uma criança, de uma pré-adolescente. Veio desbravar caminho e ensinar-nos tanto. Percebemos que sermos pais não é nada fácil, mas ao mesmo tempo extraordinariamente bom.  Mudou-nos a perspetiva de vida e o modo como vivemos cada dia. Tivemos de nos reajustar para passarmos de dois a uma família de três.

 

 

Os 5 passos da dieta perfeita!

02.01.18 | Sofia Serrano

Começou o ano, e de repente, apercebemo-nos que acumulamos uma série de quilos entre jantares de Natal, ceias, reuniões familiares e festas infindáveis.

Uma boa opção é inscrevermo-nos no ginásio ou começarmos a acordar mais cedo para ir correr, e melhorar a alimentação.

Mas para quem não está para aí virado, encontrei uma série de outras soluções, que prometem emagrecer e podem ser bastante interessantes.

Ora confirmem:

 

1. DORMIR

Dormir 8 horas por noite pode ajudar a emagrecer, porque diminui ao grau de ansiedade que em geral está relacionada à compulsões alimentares e hábitos irregulares de alimentação.
Portanto, pessoas que dormem poucas horas têm um maior risco de ficarem com excesso de peso.

Toca a dormir!

 

sleeping-girl-239678_origin.jpg

 

2. COMER CHOCOLATE

Dieta do chocolate! Parece bom de mais para ser verdade.  Aqui estamos a falar de chocolate negro . O neurocientista e nutricionista Will Clower garante que comer este chocolate, com altas percentagens de cacau, fazer menos refeições por dia e optar pela dieta mediterrânica é a fórmula mágica para sermos mais magros e saudáveis.

(perfeito para mim até agora!)