Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Coisas que se passam quando se vê um jogo da selecção com os miúdos

16.06.14 | Sofia Serrano
1. É preciso explicar que Portugal (a nossa equipa) vai jogar com a  Alemanha (os meninos altos e loiros) num sítio muito longe para ver se ganha uma Taça. ("Mãe, para que é que querem uma taça? Para comerem os cereais de manhã?")

2. As equipas entram em campo. Começam os hinos. Lá explico que o nosso hino é "A Portuguesa". Não percebem porque é que vamos marchar contra os canhões, mas ficam a gritar "Portugal, Portugal!" em grande entusiasmo.

3. Começa o jogo. O mais pequeno fica vidrado no ecrã da televisão. A maior procura o Cristiano Ronaldo e dá-lhe beijos quando aparece no ecrã (e eu nem fazia ideia que ela sabia quem era o Cristiano Ronaldo!).

4. A Alemanha domina o jogo, mas continuamos a gritar "Portugal, Portugal!"

5. Hugo Almeida lesiona-se. O mais pequeno fica preocupado com o "dói-dói". Pior ainda quando ele sai do relvado e não volta a jogar. Agora, todo o jogo que implique contacto físico entre os jogadores fazem com que o P. grite "Ai o dói-dói!!!!! Cuidado!!"

6. Apesar de gritarem "Portugal, Portugal!", estamos a perder. A mãe fica com a sensação que os nossos "meninos de ouro" foram ao Brasil ver as vistas e beber água de côco, mas mantem-se firme no entusiasmo.

7. O Pepe arma-se em miúdo de 5 anos. A miúda de 5 anos cá de casa explica-lhe, via TV, que aquilo não se faz. Mesmo que Portugal não ganhe, pelo menos eles aprendem qualquer coisa. Ficamos com 10 e toda a gente pensa em mandar o Pepe para a Antártida (mais uma vez).

8. A miúda desiste daquilo e vai fazer desenhos. O mais pequeno continua colado ao ecrã, e quando é intervalo pede "Mais Portugal, mãe!"

9. O regresso aos relvados não corre bem. Ao fim de algum tempo, o P. diz "Adeus Portugal! Mãe, o RUCA!!! O P. quer Ruca!" (entretanto passa o tempo a simular a lesão do Hugo Almeida)

10. O pai chega a casa. O P. explica que Portugal "tem dói-dói". E está tudo dito.

11. Vamos fazer uma pizza em família. Portugal perdeu 4-0 e só consigo explicar isto como fazendo parte do acordo com a Troika. (rezo para que o Figo puxe as orelhas aos meninos da selecção para não voltarmos para casa no mesmo avião que a Espanha)



4 comentários

Comentar post