Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

19.11.15

Confissões de uma médica #9


Sofia Serrano

Sou boa no inglês, desenrasco-me com o francês, dou uns toques de espanhol.

Apercebi-me, quando vim morar para o sul, que precisava mesmo saber muitas línguas, porque todos os dias há grávidas de nacionalidades diferentes que precisam de um obstetra. É fantástico conhecer grávidas do Egipto, do Nepal, da Ucrânia e de El Salvador no mesmo dia. As grávidas da Guiné trazem uma espécie de cinto protector da gravidez, as holandesas querem tudo o mais natural possível.

Eu faço a minha parte de médica, mas acima de tudo, aprendo muito com elas, e com os seus costumes.
E nos casos em que a única maneira de comunicar é, literalmente, chinês (como me aconteceu hoje!), a solução é mesmo ir ao Google translator e passar a ser também fluente em mandarim (pelo menos, com um computador por perto!).


Depois, é preciso atravessar a barreira linguística e cultural, e encontrar a linguagem comum: o som do bater do coração do bebé é a linguagem universal do amor. Todas as grávidas percebem que aquele barulho ritmado é o coração do seu bebé, e este é o som que tranquiliza qualquer nacionalidade.

 

12219465_918779128216730_2619126374278395583_n.jpg

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post