Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Das coisas que me faltam para ser uma blogger de sucesso

27.01.16 | Sofia Serrano

 

Ter um blog de sucesso continua a ter muito que se lhe diga.

E parece que eu continuo em falta em passos fundamentais. Já tinha falado sobre este assunto antes mas ontem tive uma nova luz sobre o assunto.

 

Mais do que ter conteúdos interessantes ou boas fotos, dizem-me que para o meu blog ser mesmo um blog de sucesso, o que preciso é de uma agência. Uma agência para gerir o meu blog.  E que preciso de fazer os posts publicitários que os senhores da agência entenderem. Ou até que eles os escrevem por mim para me facilitar a vida.

Parece, segundo esses senhores, que ninguém quer saber se falo de maternidade ou de coisas de médicos, se dou a minha opinião sobre um destino giro de férias ou se digo que gosto de comprar roupa nos saldos e sugiro peças que não são patrocinadas.

O que se quer, para o blog se tornar um mega sucesso, é que fale de produtos para lavar a louça, de sites para comprar casas ou de como desentupir o nariz das crianças com o medicamento x ou Y - mesmo que eu ache sem sentido falar disto no blog, mesmo que eu não me identifique de todo com os produtos. Dizem eles. Vender a metro posts, espaço publicitário, fotos, vídeos. Assim é que consigo aparecer em programas de televisão e sair em revistas, ter rapidamente milhões de visualizações e tornar-me num sucesso.

 

Eu digo que adoro escrever no blog. Que adoro a liberdade.

E agradeço a atenção, mas vou continuar fiel ao meu registo. Sim, vão-me continuar a faltar coisas para ser uma blogger de sucesso. Mas não faz mal. Gosto tanto de escrever aqui que não me importo se saio na Caras ou na Visão e não me interessa ganhar dinheiro a vender coisas em que não acredito.

Era isto.

(pronto, já podem dizer que tenho mau feitio, eu digo que continuo a gostar das coisas genuínas)

image.jpeg

 

 

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2