Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Helena Saldanha: um peixinho no mar da moda infantil

Chama-se Helena Saldanha.
Nasceu e cresceu em Lisboa, e é a quinta de uma família de seis irmãos. Em criança, qualquer coisa em casa servia para brincar com o seu irmão mais novo, desde legos a bonecos, e passavam horas a brincar, ao sabor da imaginação.
Nessa altura, ainda não sabia o que queria ser quando crescesse, mas sentia que o seu espírito criativo e a sua imaginação iam ser importantes.
Sempre adorou desenhar e acabou por tirar o curso de Design de Moda. Trabalhou como designer de fardas para vários produtos durante alguns anos. Quando nasceu a sua segunda filha, a Maria Ana, queria vesti-la igual ao irmão, o Francisco. Mas nessa altura, não havia muitas marcas de criança com este conceito de vestir os irmãos de igual. Esta necessidade, e o facto de não se sentir realizada a criar fardas, fez com que decidisse criar a sua própria marca de roupa.



O nome "Peixinho do Mar" foi sugerido em família e acabou por ficar. Nasceu assim uma marca de roupa que todos os anos tem duas colecções imaginadas e desenhadas pela Helena, com 12 temas cada, todas com um nome, e com peças desde os bebés até aos 10 anos, com cueiros, fofos, camisas, calções, vestidos, calças...
Uma marca de sucesso - fruto do amor que Helena põe nas peças que cria, nos padrões que escolhe, na sua inspiração e imaginação.
Decidiu também criar uma linha para crianças para Casamentos, Baptizados e Primeira Comunhão, porque não se identificava com a maioria das peças que havia na altura para ocasiões especiais. E mais uma vez, toda a gente adorou o conceito. E acima de tudo, Helena gosta de chegar ao sonho de cada cliente, conhecer a personalidade, para poder criar algo especial e único.



Inspira-se no Mundo. Nas coisas bonitas. Numa imagem de decoração, em flores. Na tranquilidade. E no desejo de fazer melhor.




Uma das peças que lhe deu mais prazer criar foi o Trikini Peixinho do Mar, inspirado num trikini para crianças que comprou para a filha no Brasil. Acabou por ser mais um sucesso, por ser diferente do que havia no nosso país. Quando a sua filha fez 16 anos, pediu-lhe para fazer um modelo mais "crescido", que deu origem ao modelo actual de Trikini Peixinho do Mar, ajustável na cintura e que permite trocar as partes de cima e as de baixo, muito requisitado pelas adolescentes.

E claro que sugere como peça indispensável no armário de uma menina um vestido (desde as bebés às mais crescidas), e no de um rapaz uma camisa gira.



Adora fotografar, desenhar e fazer bijuteria. 
Gosta de decoração, de cozinhar. De conversar.
Espera que no futuro, o Peixinho do Mar continue a crescer e a chegar cada vez mais longe no Mundo. Para que todos saibam que os portugueses fazem coisas giras, e bem.

Para seguir o Café, Canela & Chocolate no Facebook é aqui.
Podem ver as peças Peixinho do Mar aqui e aqui.




1 comentário

Comentar post