Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

O melhor exercício físico do mundo

Podia mentir e dizer que adoro correr. Não adoro, aliás, foi sempre, dentro da vasta panoplia de exercício físico, aquele que menos me cativou. Adoro nadar, andar de bicicleta, fazer todo o tipo de ginástica. Mas dispenso corridas que envolvam vários kms e maratonas, sejam elas mini, meias ou inteiras.

Posto isto, descobri o que gosto mesmo de fazer. Aquilo que me me faz ir com vontade para o ginásio, que me faz adorar estar na aula e que me faz sentir bem durante toda a semana: pilates e yoga.

Não, não é nada de novo, nem descobri a pólvora, mas finalmente comecei a ir a estas aulas, que achava serem demasiado paradas ( achava, há alguns anos, na altura em que só o Bodycombat me tirava o stress e me deixava sem culpas para comer uma tablete inteira de chocolate.)

O pilates respeita o corpo, puxa por nós, mas sem haver aquele "no pain no gain " que me tira do sério. Relaxa, fortalece. E no dia seguinte sentimos bem que fizemos um bom exercício. A postura melhora bem como a flexibilidade -  e a paciência. Descobri que devia ter feito logo após os partos, porque barrigões e cesarianas deixam mazelas - e andar com os miúdos ao colo dá cabo das costas.

Mas quanto mais fazemos, mais gostamos e mais melhoramos. Recomendo verdadeiramente .

E o yoga, para além de ser óptimo para relaxar e tonificar, ajuda-nos a escutar o mundo, a sentir o que nos envolve, a descobrir quem nós somos.

(suspeito que se começássemos todos nesta filosofia de vida, deixaríamos de ser um dos países onde se consomem mais antidepressivos e ansioliticos)

image.jpeg

 

 

3 comentários

Comentar post