Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

O terceiro filho

03.01.18 | Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-01-03, às 12.25.04.png

 

 

Acho que desde que começamos a pensar numa família, falámos em ter 3 filhos.  Nunca falámos em especificamente querer meninos ou meninas, mas o número 3 estava presente.

 

A Mariana foi a primeira, e veio mudar completamente as nossas vidas. Ensinou-nos o que é isto da parentalidade. Mostrou-nos que passou a existir sempre alguém mais importante que nós próprios, e que o nosso coração passou a viver fora do peito. Mostrou-nos as conquistas do crescimento, as angústias das doenças, o amor incondicional. As noites sem dormir. As dificuldades que é cuidar de um recém-nascido, de um bebé, de uma criança, de uma pré-adolescente. Veio desbravar caminho e ensinar-nos tanto. Percebemos que sermos pais não é nada fácil, mas ao mesmo tempo extraordinariamente bom.  Mudou-nos a perspetiva de vida e o modo como vivemos cada dia. Tivemos de nos reajustar para passarmos de dois a uma família de três.

 

 

Depois veio o Pedro. Achámos que estava na altura, que conseguiamos avançar para mais um desafio: mais um bebé, mais uma mudança na família, mais reajustes para vivermos como sempre imaginamos. Ter mais filhos é um bocadinho como aumentar a dificuldade das coisas - não vale a pena dizer que vai ser tudo mais fácil, porque o trabalho dobra e há várias frentes para gerir. Foi tudo mais fluido e descomplicado - possivelmente por já não sermos pais de primeira viagem. Mas o segundo filho traz a gestão de novas emoções - a atenção tem de ser dividida por dois, apesar do amor se multiplicar.

 

Agora, somos uma família de 4. Com dois filhos. Eles partilham um quarto, temos carros onde só cabem duas cadeiras no banco de trás. Gostamos de viajar e sabemos a dificuldade que é ter mais de duas crianças num quarto de hotel. Estamos equilibrados, com um colo para cada filho. E ficamos a pensar se teremos coragem para ir ao terceiro. Aquele terceiro que sempre falámos.

 

Ela diz que está bem assim. Ele diz que quer ter mais dois irmãos - gémeos, de preferência, um rapaz e uma rapariga.

E nós? 

Vamos lá ver o que 2018 nos traz :)

 

 

O nosso instagram: cafecanelachocolate

 

 

 

8 comentários

Comentar post