Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

15.11.16

Sobre médicos mais humanos


Sofia Serrano

IMG_8348.JPG

 

Fala-se cada vez mais sobre humanização dos cuidados de saúde. Humanização do parto. Humanização do atendimento. Humanização? Mas nós não somos humanos?

A verdade é que o grande desenvolvimento científico e tecnológico dos últimos anos não foi acompanhado pelo respetivo desenvolvimento no "cuidar". Andamos tão focados em números, medicamentos, máquinas de ressonância magnética e robots que fazem uma cirurgia por nós que nos esquecemos de quem somos. 

Mas nós somos humanos. Mesmo com tecnologia e acesso ao último grito da ciência, a humanidade é o que nos define. 

Ser humano implica falarmos com as pessoas. E ouvirmos. E acredito que para sermos bons médicos, temos de dialogar com quem nos procura. Ter tempo, sensibilidade, simpatia.

A humanização não pode ser um item numa lista para um serviço ter uma acreditaçao qualquer. A humanização tem de estar sempre connosco. 

Porque nem os médicos, nem os doentes são máquinas. Temos necessidades básicas, temos emoções, somos complexos e trazemos connosco todo um mundo - desde a nossa cultura, à nossa religião, às nossas convicções.

E enquanto nos respeitarmos mutuamente, e tivermos tempo para dialogar, vamos continuar humanos.

 

[falei sobre Humanização nos Cuidados de Saúde no Congresso Nacional de Estudantes de Medicina no Porto, que se tiverem curiosidade podem ver aqui, e há mais sobre este assunto no livro "Confissões de uma Médica" ]

 

IMG_8351.JPG

IMG_8359.JPG

 

 

4 comentários

Comentar post