Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Vamos ficar sem chocolate?


Primeiro veio a crise, com a cena da austeridade e da Troika, e vimos a coisa ficar preta, mas tivemos esperança. 
Depois chegou o Ébola e a Legionella, e começámos a temer o pior. 
E hoje sim, o maior flagelo da humanidade começa a concretizar-se: vamos ficar sem chocolate! Socorro!!!
Pois parece que os dois maiores produtores de cacau, a Mars e a Barry Callebaut, revelaram ao Huffington Post que desde há três anos que há défice na produção de cacau. E como é que isto é possível? 
A culpa, para não variar, é dos chineses, que se tornaram apaixonados por chocolate ( e eles ainda são uns quantos!), e pela nossa mania de sermos saudáveis e comermos essencialmente chocolate preto, que tem uma maior percentagem de cacau. A mãe natureza também tem a sua parte na tragédia, porque tem deixado a seco a África ocidental e ainda surgiu um fungo que afectou as plantações e reduziu as colheitas para mínimos. (notícia aqui)

Só espero MESMO que esta notícia seja SÓ uma estratégia de marketing para aumentar a venda de chocolate - porque o mundo ia ficar um lugar bem mais triste sem estas maravilhosas delícias: